Barceló no Les Abattoirs
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Barceló no Les Abattoirs

Bruna Tiussu

20 Novembro 2009 | 18h15

Começou hoje no Museo Les Abattoirs de Toulouse uma exposição com as primeiras obras do espanhol Miquel Barceló. O nome Barceló antes de Barceló explica tudo: lá estão os trabalhos que o artista fez antes de participar da Documenta de Kassel, a mais importante mostra de arte contemporânea, realizada na Alemanha, e que lhe rendeu fama internacional.


São mais de cem obras criadas entre 1973 e 1982, expostas até 28 de fevereiro de 2010. Muitas delas fazem parte da coleção particular de Barceló, e ajudam a revelar características recorrentes em seus trabalhos mais recentes.

Natural de Felanitx, uma pequena cidade de Mallorca, Barceló correu o mundo espalhando sua arte. Mas um de seus trabalhos  mais famosos está justamente na sua ilha natal, no Mediterrâneo. Ele demorou seis anos – concluiu em 2006 – para terminar um mural de cerâmica que ilustra a parede da Capela do Santo Pai, na Catedral de Palma.

Barcelo_Palma_Mallorca.JPG

Mural na Catedral de Palma de Mallorca. Foto: Mônica Nóbrega/AE

No Brasil, o espanhol teve a oportunidade de mostrar seu talento duas vezes. Participou da 16.ª Bienal Internacional de São Paulo, em 1981, e de uma exposição na Pinacoteca do Estado, em 2003. Mais do seu trabalho pode ser encontrado no acervo fixo do Guggenheim de Bilbao, Centro Pompidou de Paris, Museu de Arte Contemporânea de Barcelona e no Museu Reina Sofia em Madri.

Mais conteúdo sobre:

BarcelóMallorcaMostraViagem