Cabo Frio aposta no ecoturismo com circuito de trilhas na região
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Cabo Frio aposta no ecoturismo com circuito de trilhas na região

Com sete trechos e 53 km no total, a Trans Cabo Frio vai de Arraial do Cabo a Barra de São João; primeira trilha tem sua sinalização inaugurada

Viagem Estadão

09 de junho de 2021 | 09h00

Por Nathalia Molina*

Paisagens do litoral norte do Estado do Rio podem ser apreciadas em um circuito de 53 quilômetros de extensão ou em sete caminhadas mais curtas. Essa é a aposta de Cabo Frio para fortalecer o ecoturismo na região. A Trans Cabo Frio se estenderá da divisa com Arraial do Cabo ao distrito de Barra de São João e fará parte da Rede Brasileira de Trilhas de Longo Percurso.

Trilha de longo percurso, a Trans Cabo Frio será composta por sete trechos – Foto: Prefeitura de Cabo Frio

O primeiro trecho, com sete quilômetros de ida e volta, já teve sua sinalização inaugurada. A expectativa é que todos os percursos estejam prontos até o final de 2021. Esse trajeto inicial passa por lugares como a Ilha do Japonês, o Farol da Lajinha, a Praia Brava, a Caverna dos Escravos e a Ponta do Chapéu.

Fica dentro do Parque Estadual da Costa do Sol. Criada há dez anos, a área de preservação ambiental protege vegetação, dunas e restingas das cidades de Cabo Frio, Búzios, Arraial do Cabo, Araruama, Saquarema e São Pedro da Aldeia.

 

Os visitantes passam pela Caverna dos Escravos – Foto: Prefeitura de Cabo Frio

Chamado localmente de Boca da Barra, o roteiro de nível moderado começa no bairro da Ogiva, ao lado do Hotel Porto Veleiro, e continua até a Praia das Conchas. Pode levar em média três horas no total. Ou mais, se a pessoa for parando ao longo do caminho.

Mais ecoturistas com a trilha de longa distância

Essa é a ideia de trajetos compridos de caminhada, tanto é possível vencer a rota andando até completar o percurso inteiro, como vencer um trecho a cada viagem. Com esse projeto, futuro integrante da Rede Nacional de Trilhas de Longo Percurso, a cidade fluminense espera atrair mais ecoturistas.

Praia das Conchas, no trajeto inaugurado, fica dentro de parque estadual – Foto: Jhony Biachi

Criada em 2018, no ICMBio, a rede pretende conectar diferentes biomas brasileiros, cobrindo 10,5 mil quilômetros de Norte a Sul, de Leste a Oeste do País. Os trajetos entre áreas de conservação nacional são sinalizados e incluem sempre o símbolo da pegada amarela e preta.

* Sou jornalista de turismo e apresento o Como Viaja | podcast de viagem, com dicas e experiências no Brasil e no exterior. Me acompanhe também no Instagram @ComoViaja para novidades e curiosidades

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.