Calendário: março é mês de…
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Calendário: março é mês de…

Fabio Vendrame

25 Fevereiro 2014 | 02h20

1. Ziriguidum multicultural
Depois do brasileiro, o carnaval mais famoso da América do Sul é o de Barranquilla, na Colômbia. A festa é embalada por cumbia, merecumbé e mapalé: carnavaldebarranquilla.org.


Nos Estados Unidos, Nova Orleans ganha as cores e sons do Mardi Gras, com paradas em vários distritos. As mais turísticas são as do Bairro Francês, no dia 4.

À parte da movimentação da Sapucaí e dos blocos, o centro do Rio abriga o Lavradio Jazz Fest, na Rua do Lavradio. A promessa é fazer o público se sentir no – adivinhe? – Mardi Gras de Nova Orleans. Os shows, gratuitos, ocorrem às 13 e às 16 horas, em palco montado ao ar livre.

 

Foto: Renée Pereira/Estadão

1. Noronha com desconto
Com o fim da alta temporada, empresários de Noronha criaram uma promoção para garantir seu ganha-pão: até junho, quando a procura dos visitantes é menor, diárias, passeios e restaurantes estão com descontos de 30%. A estação chuvosa vai de abril a agosto, mas não se preocupe: as chuvas são esporádicas. A boa época para mergulho no Mar de Dentro começa em abril.

5. Poesia na Escócia
Escritores contemporâneos de vários países se reúnem na cidade escocesa de St. Andrews, a 80 quilômetros de Estocolmo, para debater poesia no festival Stanza 2014. Até o dia 9, tem como tema os Commonwealth Games (Jogos da Comunidade Britânica) e ligações culturais estabelecidas via poesia. A programação, com mesas redondas, sessões de autógrafos e tours literários guiados, lembra a Flip de Paraty.

13. Passarela gelada
Pequena, mas elegante, Aspen também tem a sua semana de moda. Em passarelas ao ar livre, com as montanhas nevadas como cenário, modelos desfilarão, até o dia 16, criações de designers de grandes metrópoles, caso do nova-iorquino Dennis Basso, e de ícones da moda específica para esportistas da neve, como Alessandra Richards, da ALR Style Tribe. Mais: aspenintlfashionweek.com.

Foto: Heino Kalis/Reuters

15. Ver o circo pegar fogo
Cerca de 700 gigantescos bonecos de papel machê são a principal atração das Fallas, a grande festa anual de Valência, na Espanha. Seu destino é trágico: são queimados na praça principal, diante da Virgem dos Desamparados, no dia 19. Até lá, comida, bebida e música nas ruas. A tradição tem origem incerta: diz-se que faz referência à queima de sobras de material que carpinteiros faziam na Idade Média.

16. Padroeiro dos festeiros

Foto: Carlo Allegri/Reuters

Padroeiro informal de festeiros mundo afora, São Patrício é celebrado por uma multidão vestida de verde e com uma Guinness nas mãos em Dublin, capital da Irlanda (programação: stpatricksfestival.ie). O St. Patrick’s Day é festivo também em outros endereços pelo mundo. Em Nova York, a comunidade irlandesa promove uma parada que, há mais de 250 anos, percorre a 5.ª Avenida até o Central Park. Outro exemplo é a Romênia, onde descendentes de irlandeses fazem a sua festa em tons de verde com muita música e dança no centro antigo de Bucareste.

16. Cinema de primavera
Printemps du Cinema, ou primavera do cinema, é o simpático festival que a França organiza para saudar a chegada da estação das flores. O principal atrativo é o preço do ingresso, 3,50 euros (R$ 11,50), mantido nesse valor durante três dias (até 18, domingo a terça-feira) e em 5,5 mil salas por todo o país, que mostram filmes novos e antigos. Programação completa: printempsducinema.com.

25. Curitiba no palco
Com Gerald Thomas na direção e Ney Latorraca de volta aos palcos, a peça Entredentes é um dos destaques do Festival de Teatro de Curitiba, um dos mais importantes do País, que chega à 23.ª edição. São 35 espetáculos na mostra oficial e 400 na paralela Fringe, até o dia 6 de abril. Ingressos custam desde R$ 30.

Foto: Neco Varella/Estadão

29. Iberê em casa
Poucos artistas brasileiros tiveram a honra de ter um museu erguido para abrigar sua produção. A arte do gaúcho Iberê Camargo sempre teve identidade própria e a exibição As Horas põe seu trabalho no limiar entre figuração e abstração. A mostra fica em cartaz até maio no lindíssimo prédio da Fundação Iberê Camargo, em Porto Alegre. Conheça mais em iberecamargo.org.br.

Mais conteúdo sobre:

Calendárioeventosmarço