De Boston ao Canadá, de carro
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

De Boston ao Canadá, de carro

Fabio Vendrame

11 Fevereiro 2014 | 02h40

Mural de OsGemeos no distrito financeiro de Boston – Foto: Mônica Nobrega/Estadão

VIAJE NA PERGUNTA

Penso em viajar de carro, em junho, de Boston até Québec, no Canadá. Qual é o melhor caminho e onde devo parar? (Montserrat, São Paulo)

Na minha opinião, a Nova Inglaterra – o extremo nordeste dos Estados Unidos, que começa em Connecticut e vai até a fronteira com o Canadá – é o pedaço mais bonito do país para viagens de carro. No lugar daquela imensidão árida do oeste, celebrada pelos road movies, na Nova Inglaterra você percorre estradinhas vicinais que cortam florestas que parecem saídas da planilha de um paisagista e passam por vilarejos charmosos. A melhor época para explorar a região é entre fim de setembro e fim de outubro, quando as folhas das árvores ganham tons amarelados e avermelhados antes de cair. Mas em junho a paisagem também estará linda, com a vegetação viçosa e os campos floridos de primavera.
Minhas viagens de carro pela região se resumem à península de Cape Cod, que não fica no caminho entre Boston e o Canadá. Mas vou adaptar para você um roteiro criado e testado por uma leitora do meu blog, a Kênia Ávila, que eu guardei para seguir na primeira oportunidade.


Saia de Boston costeando o Atlântico. Passe por Salem (40 km), onde você vai visitar o Museu das Bruxas, apreciar o casario centenário da Chestnut St. e se divertir no parque Salem Willows. Durma em Portsmouth, cidade portuária histórica 70 km adiante. Próxima parada: Portland, no Maine – capital americana da lagosta (85 km). De lá, dê um pulinho até o farol de Marshall Point, que aparece em Forrest Gump (140 km).

Hora de dar uma guinada para o interior: de Portland a Lincoln, em New Hampshire (150 km), você vai passar por uma das mais bonitas estradas americanas: a Kancamagus Highway (dá também para aproveitar e fazer compras nos outlets de North Conway).

De Lincoln, suba a Québec City num puxadão: são 430 km de estrada. De Québec, prossiga a Montreal (250 km). Faça um bate-volta à estação de montanha de Mont Tremblant (145 km).

Volte para os Estados Unidos via Burlington (155 km), simpaticíssima cidade universitária onde surgiu o sorvete Ben & Jerry (visite a estação de esqui de Stowe e o hotel da família Von Trapp – a mesma do filme A Noviça Rebelde). Continue pelo coração do Vermont, passando por Rutland e Woodstock (160 km). De lá são 230 km até Boston, passando pelo Rollins State Park.

Mais conteúdo sobre:

Ricardo FreireTurista Profissional