As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Em segurança

Adriana Moreira

17 Abril 2013 | 20h44

Adriana Moreira

Depois de um atentado, como o  que aconteceu em Boston esta semana, ou qualquer tipo de tragédia, as pessoas tendem a se apavorar, querer cancelar viagens marcadas. Mas é importante ser racional nessas horas. Apesar de as medidas de segurança estarem intensificadas nos aeroportos e áreas públicas nos EUA, os voos estão normais e não há nenhum motivo concreto para cancelar uma viagem ao país.

Quem tem viagem marcada para Boston, contudo, deve ter em mente que a metrópole está em luto e que a aura divertida, típica de uma cidade universitária, não será a mesma ao menos por algumas semanas. O centro da cidade continua interditado, ainda sem previsão para reabertura. Ou seja: é outra Boston. Cancelar a viagem seria apenas por motivos turísticos, mas não de segurança.

Mas acho importante aproveitar o episódio para falar um pouquinho sobre segurança de modo geral. Quando saímos de férias, a tendência é pensar que nada vai acontecer. Nada de ser pessimista ou alarmista, mas estamos sujeitos a imprevistos, mesmo em nossa própria cidade. Por isso, prevenir-se nunca é demais.


Existem algumas medidas que são importantes em qualquer contexto. Por exemplo: ter em mãos o telefone da embaixada brasileira. Poucas pessoas têm esse hábito, que facilita muito em caso de alguma emergência ou mesmo se você perder o passaporte. A lista completa das embaixadas e consulados você encontra aqui. Vale também fotografar ou escanear o passaporte e guardá-lo em seu e-mail. Isso ajuda bastante a conseguir o documento em caso de emergência.

Estar bem informado também é importante. Vários sites oficiais dão alertas sobre a situação em países em conflito ou com risco por fenômenos naturais. O do departamento de segurança dos Estados Unidos e do Reino Unido  são os mais completos e cuidadosos, com informações atualizadas constantemente.

Fazer um seguro-saúde é outra medida importante. Se a gente faz plano de saúde e seguro para o carro aqui, não há porque agir de forma fora do Brasil.  Mesmo que não pretenda fazer nenhum esporte radical, o seguro vai garantir que você seja atendido no hospital em qualquer emergência médica. Alguns também cobrem o extravio de malas. E consulte o seu cartão de crédito: em alguns casos, o cliente já tem incluído o seguro como benefício.

Mais conteúdo sobre:

bostonsegurançaseguro