Maxxi: além do Coliseu
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Maxxi: além do Coliseu

Carla Miranda

12 Novembro 2009 | 20h55

Do lado de fora, predominam os duros ângulos de concreto, iluminados por vidro aqui e ali. Na parte interna, curvas acentuadas e recantos delicados. Mais cinza. Só que agora mesclado com o negro escolhido para as escadarias e o branco de uma gigante bancada ovóide. O circuito turístico de Roma  – marcado pelos eternos Coliseu e Fontana di Trevi – ganha no início do ano o Maxxi, sigla simpática e adaptada para Museu Nacional de Artes do Século XXI.

O prédio em si já é uma loucura saída da prancheta da premiada iraquiana Zaha Hadid. Uma arquiteta tão eclética a ponto de ser vitoriosa no projeto para o Guggenheim da Lituânia e desenhar um modelo da sandália Melissa (lindo, aliás).

Mas o acervo também promete, com obras de arte contemporânea (Anish Kapoor, Charles Sandison, Francis Alÿs, etc.) e vasto material sobre arquitetura.

Agora é só esperar para ver esse gigante da Via Guido Reni.

Mais conteúdo sobre:

Anish KapoorItáliaMaxxiRoma