As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Na onda do Oscar, percorra os cenários de ‘Lincoln’

Adriana Moreira

21 de fevereiro de 2013 | 01h10

Domingo é dia de Oscar. Lincoln, de Steven Spielberg, é o campeão de indicações, concorrendo em 12 categorias, incluindo melhor diretor, melhor filme e melhor ator para Daniel Day Lewis, que interpreta o presidente. A história foca nos quatro últimos meses da vida do presidente, entre janeiro e abril de 1865.

As cidades de Richmond e Petersburg, no Estado americano da Virgínia, serviram de locação para a maior parte das cenas. Foram 53 dias de filmagem no Estado. Um dos produtores justificou a escolha dizendo que são lugares onde a história segue viva com muitas construções antigas remanescentes.

O organismo de turismo da Virgínia criou um tour autoguiado – é só baixar o mapa pelo site com os pontos marcados. Ali estão os lugares de locação e também bares e restaurantes que a equipe de filmagem costumava frequentar. Um restaurante tradicional de Petersburg, o Dixie, criou um hambúrguer com chilli com nome de Spiel Burger. Os estabelecimentos participantes ganharam um selo de indentificação.

O site conta ainda com um mapa marcando a rota que o presidente Lincoln percorreu em 1865 em Richmond, apenas alguns dias antes de ele ser assassinado em Washington. Enquanto Lincoln fez o trajeto de carruagem, você pode fazer o seu nas segways, aquelas motinhos usadas por seguranças em shopings. Custa US$ 59 por pessoa.

Curiosidade: o pai de Lincoln nasceu na Virginia – a casa da família na cidade de Linville, construída pelo avô do presidente,  ainda está de pé. No cemitério estão enterradas cinco gerações da família Lincoln.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.