Palladium vai eliminar plásticos de seus hotéis no mundo até 2025
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Palladium vai eliminar plásticos de seus hotéis no mundo até 2025

Resort na Bahia reduziu uso de descartáveis em 62,8% já com mudança em 2015. Rede agora assina iniciativa de Programa das ONU para o Meio Ambiente

Viagem Estadão

26 de julho de 2021 | 11h00

Por Nathalia Molina*

O Grupo Palladium se comprometeu em eliminar o plástico de todos os seus hotéis no mundo até 2025. O grupo espanhol assinou em junho a Iniciativa Global de Plásticos de Turismo promovida pelo Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (PNUMA) e pela Organização Mundial do Turismo. Resort na Bahia reduziu uso de descartáveis em 62,8% já com mudança em 2015.

O programa será realizado por etapas. Entre as metas da rede estão eliminar embalagens descartáveis dos banheiros até 2024 e itens de plástico das cozinhas e dos serviços de alimentos e bebidas até 2025. O grupo se comprometeu também a buscar soluções para reutilizar os objetos descartados.

Resort da rede em Imbassaí, na Bahia, reduziu descartáveis – Foto: Grupo Palladium

No Brasil, o Grand Palladium Imbassaí Resort & Spa passou a usar copos de acrílico em 2015, reduzindo de 3,5 milhões de copos descartáveis para 1,3 milhão em 2016. O hotel informa que envolve funcionários e hóspedes para apoiarem ações socioambientais, incentivando boas práticas e apresentando dados sobre consumo de água e de energia e geração de lixo.

O Grupo Palladium quer engajar fornecedores diretos e indiretos para facilitar a mudança para embalagens recicláveis ou compostáveis, investir na separação de recicláveis e orgânicos e capacitar as equipes dos hotéis para separar resíduos sólidos. Com 50 anos de existência, a rede hoteleira tem 48 hotéis em seis países.

* Sou jornalista de turismo e apresento o Como Viaja | podcast de viagem, com dicas e experiências no Brasil e no exterior. Me acompanhe também no Instagram @ComoViaja para novidades e curiosidades

Mais conteúdo sobre:

hotelresortsustentabilidade

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.