República Tcheca reabre para brasileiros vacinados; Coronanac não vale
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

República Tcheca reabre para brasileiros vacinados; Coronanac não vale

Todos os outros imunizantes aplicados no Brasil são aceitos. País da Europa exige que viajante tenha seguro-viagem com cobertura para covid, mas libera de quarentena e teste

Viagem Estadão

06 de setembro de 2021 | 20h07

Por Nathalia Molina*

A República Tcheca está aberta para brasileiros vacinados completamente com imunizantes aprovados pela Agência Europeia de Medicamentos (European Medicines Agency – EMA), segundo decisão do Ministério da Saúde do país. Entre as vacinas aplicadas no Brasil, a Coronavac ainda está sendo analisada pelo órgão europeu; portanto, não é aprovada para viajar para o país europeu. A decisão vale desde 1º de setembro.

A agência da Europa já aprovou: Pfizer, Moderna, AstraZeneca e Janssen. O governo da República Tcheca informou que aceita a AstraZeneca Covishield. A EMA começou a analisar em maio a Coronavac, mas ainda não divulgou seu parecer sobre o imunizante da Sinovac.

Sem exame, com seguro-viagem para covid

Brasileiros autorizados a fazer turismo na República Tcheca têm de contratar um seguro-viagem com cobertura contra a covid-19. Não precisam cumprir quarentena tampouco apresentar exame PCR negativo para entrar no país, mas o turista deve estar atento às exigências feitas pela companhia aérea escolhida para o transporte até a Europa. Além disso, o viajante do Brasil precisa preencher um formulário online e obter o QR code.

República tcheca exige seguro-viagem com cobertura para covid – Foto: Turismo da República Tcheca

Veja como emitir o comprovante de vacinação para viagens internacionais e ouça o Como Viaja | podcast de viagem sobre Portugal aberto para brasileiros (com dicas do que fazer) e países abertos para brasileiros vacinados (Canadá, Espanha, França e Alemanha).

Desde o fim de junho, Espanha, Alemanha, França, Suíça e Canadá já aprovaram a entrada de viajantes 100% vacinados. No caso da Espanha e da Suíça, valem todas as vacinas aplicadas no Brasil. Isso porque esses dois países aceitam todos os imunizantes aprovados pela União Europeia ou pela Organização Mundial da Saúde (OMS), o que inclui a Coronavac. Portugal não exige vacinação, e sim a apresentação de teste PCR ou antígeno negativo.

Na América do Sul, o Peru permite de novo a entrada de viajantes brasileiros a partir de hoje, 6 de setembro, apenas com a apresentação de teste PCR negativo. Argentina e Chile seguem fechados, e a abertura do Uruguai para turistas brasileiros está programada para 1º de novembro.

* Sou jornalista de turismo e apresento o Como Viaja | podcast de viagem, com dicas e experiências no Brasil e no exterior. Me acompanhe também no Instagram @ComoViaja para novidades e curiosidades

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.