WTM Latin America 2022 tem mais destinos do Brasil e volta de internacionais
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

WTM Latin America 2022 tem mais destinos do Brasil e volta de internacionais

Feira de turismo retorna em momento de aumento nas viagens nacionais e para o exterior. Evento será em São Paulo; última edição presencial foi em 2019

Viagem Estadão

30 de março de 2022 | 17h28

Por Nathalia Molina*

Metade de um dos dois pavilhões da WTM Latin America 2022 será ocupado por destinos brasileiros, alguns participando pela primeira vez do evento. A feira de turismo internacional, que teve sua última edição presencial em 2019, volta ao Expo Center Norte, de 5 a 7 de abril, num momento de aumento das viagens nacionais e internacionais.

“É quase inacreditável que isso irá acontecer na semana que vem, depois de tudo o que nós passamos nos últimos dois anos”, disse hoje o diretor da WTM Latin America, Simon Mayle, em coletiva de imprensa virtual. “A WTM Latin America superou minhas expectativas e é um sinal de que o mercado está de volta. O mercado internacional e os hoteleiros estão super focados na América Latina, e o que nós todos estávamos esperando começou cinco a seis meses atrás: os brasileiros retomaram as viagens para a Europa, os Estados Unidos, a América Latina e a Ásia. Vários dados que estão saindo mostram isso.”

Em fevereiro deste ano, o aeroporto de Guarulhos teve uma movimentação 47% maior, em relação ao mesmo mês de 2021, de acordo com dados do GRU Airport. O total foi de 2,35 milhões de passageiros, sendo 1,7 milhão com chegada de ou partida para destinos no Brasil. Embora o fluxo para o exterior tenha sido de 630 mil viajantes, isso representa um crescimento de 280% na comparação com fevereiro do ano passado.

Portugal participa da WTM Latin America 2022 – Foto: Turismo do Algarve

Direcionado para o público do mercado de turismo, a WTM Latin America terá a participação de cerca de 500 empresas de 33 países. O número de inscritos já é 8% superior ao de 2019, também uma semana antes do evento. A feira de turismo mantém como pilares: diversidade e inclusão; turismo responsável; e tecnologia em viagens (travel tech). “Os três já eram importantes, mas a pandemia deu uma acelerada”, afirmou o diretor da WTM Latina America.

“Começamos a entender a importância da nossa natureza, o que ela faz para a nossa saúde mental. E os lugares que mais sofreram são os que mais precisam do dinheiro do turismo”, disse sobre o turismo responsável.
Mayle lembrou também a importância do turismo para a diversidade e inclusão. “Nós viajamos para conhecer pessoas. O mercado do turismo só existe porque queremos entender culturas, precisamos de conexão humana. Esse é um mercado de pessoas que vivem de conectar pessoas. Por isso, o setor de turismo é tão diverso.”

Na WTM Latin America 2022, o uso de máscaras não é obrigatório, mas é recomendado pela organização. É exigida a apresentação do comprovante de vacinação completa (duas doses ou única); veja como emitir o certificado de vacinação. Tótens com álcool em gel estarão espalhados pelos ambientes.

Destinos na WTM 2022

Durante a coletiva virtual, Bianca Pizzolito, gerente de Vendas da WTM para Brasil e América Latina, mostrou as plantas dos dois pavilhões da feira, mostrando que destinos brasileiros ocupam metade de um deles.

Destinos brasileiros, como Fortaleza – Foto: Nathalia Molina @ComoViaja

“Há uma onda de otimismo e esperança e é com essa vibração que a gente começa a pensar na WTM 2022. No Brasil, a gente vê essa expansão. Muitos destinos que não participavam estão agora”, disse. “Para trazer um dinamismo maior, criamos áreas gastronômicas no Brasil, na América Latina, em cada setor, para fazer da WTM uma experiência, não só um evento.”

De acordo com Bianca, a WTM Latin America está cheia de imersões e novidades e tem o retorno de participantes como “Estados Unidos, México, Chile, Portugal e grandes redes hoteleiras”. Já confirmaram presença: Accor, Hilton, Wyndham e Resorts Brasil, Argentina, Peru, Egito, Tailândia, Maldivas, Itália e Israel.

* Sou jornalista de turismo há mais de 20 anos. Escrevo o Como Viaja e apresento o Como Viaja | podcast de viagem, com dicas e experiências no Brasil e no exterior, ao lado de Fernando Victorino, também jornalista e locutor. Acompanhe mais novidades e curiosidades no Instagram @ComoViaja

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.