Pitaya Filmes lança uma superprodução do recorde sul-americano de Apneia em Bonaire
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Pitaya Filmes lança uma superprodução do recorde sul-americano de Apneia em Bonaire

Karina Oliani

16 Fevereiro 2018 | 13h10

“Logo no primeiro curso me entreguei tanto que apaguei. Acordei com a Carol batendo no meu rosto, gritando “respira”, “respira”!”

Carolina Schrappe é mergulhadora profissional, recordista sul-americana em apneia, instrutora de mergulho, sócia-proprietária da escola de mergulho Acquanauta Curitiba e apaixonada pelo mar.

 


Carol nasceu e passou a vida inteira em Curitiba. “Quando criança tinha muitas oportunidades de ter esse contato, especialmente quando acompanhava seu pai, no veleiro da família, para catarem mariscos”, conta ela.

Fisioterapeuta de formação, Carolina atuou em clínicas de ortopedia trabalhando com a reabilitação de atletas e também em UTI, na parte de fisiologia respiratória, algo que seria muito útil em sua futura carreira de apneísta profissional.

“Apneia, nessa época, era sinônimo de algo que não poderia acontecer algo errado” afirmou Carol se referindo a quando um dos seus pacientes críticos parava de respirar.

Em Fernando de Noronha, Carol teve seu primeiro contato com o mergulho autônomo e fez seu batismo. Depois desta experiência não parou mais.

Um belo dia, durante seu curso de Divemaster, depois de mais de 100 mergulhos logados, Carol enfrentou a tarefa de ajudar a soltar um cabo enroscado. Para isso ficou bastante tempo sem respirar a 6 metros de profundidade. Quando ela voltou à superfície, tranquila e com o cabo na mão, os instrutores, surpresos, viram ali um talento promissor e sugeriram que ela fosse experimentar o mergulho livre.

 

Uma brincadeira que começou em 2000, hoje faz parte de seu cotidiano e de quem ela é:

“A verdade é que nunca investi tanto em algo na minha vida, e hoje estou tão envolvida, que já não sei mais o que poderia fazer sem o mergulho!”, exclama Carolina. Mas na verdade a Carol atleta é apenas uma das varias modalidades dessa mulher que é mãe, instrutora, empresaria e por ai vai…

Mergulho livre ou Apneia é quando o mergulhador usa apenas o ar contido em seus pulmões pra submergir. Tal prática proporciona uma enorme sensação de liberdade aos mergulhadores.  Não sei dizer se tem outro esporte que me acalma e me traz mais energia que esse. Pratico apneia amadoramente desde os 12 anos.

O mergulho sem tantos aparelhos é mais leve, traz uma grande conexão com a natureza. E a ausência da gravidade somada ao silencio na agua nos transporta para uma viagem interna maravilhosa.

Foi justamente essa paixão que me aproximou da Carol num curso ha 5 anos atrás. Queria entender melhor a teoria por trás desse esporte e logo no 1o curso me entreguei tanto que apaguei. Acordei com a Carol batendo no meu rosto, gritando “respira, respira!”

A gente ri disso até hoje! A Carol conhece o perfil de cada aluno e comigo, ela sabe que precisa segurar as rédeas.

Quer assistir esse recorde? Então fica ligado no Esporte Espetacular da Rede Globo esse domingo. Uma matéria emocionante, que dirigi e registrei, pra que vocês conheçam a historia de uma brasileira que nos enche de orgulho.

No dia 22 de setembro de 2017, quando a desportista, Carol Schrappe, bateu mais um recorde no Evento DeepSea Challenge na ilha de Bonaire.

O mergulho na disciplina de lastro variável, VWT, foi de 101 metros de profundidade e teve duração de 3 minutos. Carol se tornou a atual recordista sul-americana.

 

AGRADECIMENTOS:

Azul Profundo

PPC Tecnologia

Eden Beach Resort

Acquanauta

Avis Bonaire

Canon Brasil

Aquatica

 

Fotos: Ale Socci.