CCVB
CCVB

1. Jardim Botânico de Curitiba

Principal cartão postal da cidade é primeiro passeio imperdível da capital paranaese

Bruna Toni, O Estado de S. Paulo

19 Setembro 2017 | 04h30

O sol de inverno no fim de tarde fez com que a visita ao Jardim Botânico de Curitiba fosse ainda mais prazerosa. Para que a identificação seja imediata, digo logo que se trata do principal cartão-postal da capital paranaense – nenhuma foto de Curitiba é tão simbólica quanto a da estufa de estrutura metálica e vidro, com três abóbadas transparentes e canteiros floridos em frente, cuja construção foi inspirada no Palácio de Cristal de Londres. 

Os 178 mil metros quadrados abrigam jardins feitos à moda de outro país europeu, a França, além de uma fonte. Os canteiros são geometricamente organizados e dão uma sensação curiosa de harmonia e preguiça – não à toa, casais e famílias aproveitam para estender o corpo e relaxar a alma no gramado, enquanto crianças rolam morro abaixo. Nos fins de semana, é passeio concorrido e costuma ficar bem cheio.

O Jardim Botânico abre diariamente das 6 horas às 19h30 (no horário de verão, estende-se até as 20 horas) e tem entrada gratuita. Tanto o city tour da Serra Verde Express quanto o ônibus da Linha Turística passam por ele. Mais: bit.ly/jardimbotanicocuritiba

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.