30 dias da Espanha à Itália, no inverno

Viaje na pergunta

RICARDO FREIRE, O Estado de S.Paulo

18 Novembro 2014 | 02h06

Tenho passagem comprada para Barcelona em dezembro. A intenção é pegar um carro e seguir até a Itália. Viajo em família, com marido e filho pré-adolescente. Teremos 30 dias. Que roteiro recomenda? (Marta, São Paulo)

De Barcelona à Itália são 900 quilômetros pela rota mais sem graça, a das autoestradas. O carro passa por Costa Brava, Languedoc, Provença e Côte d'Azur, regiões que valeriam fácil uns 20 dias de exploração, caso vocês viajassem na época mais conveniente, entre maio e outubro. No inverno, com as pequenas cidades recolhidas, os balneários hibernando e a possibilidade de soprar o gelado vento Mistral, este caminho dificilmente proporcionará uma rota prazerosa; durante boa parte do percurso, funcionará como um obstáculo entre sua família e o destino que vocês querem visitar.

De todo modo, dá para pensar num percurso circular, para evitar ir e voltar pelo mesmo caminho. Sigam por Carcassonne, Aix-en-Provence e Nice até Gênova. De lá continuem a Florença, Roma, Assis, Veneza, Milão e Turim. Voltem por Grenoble e Avignon. Fiquem pelo menos três dias inteiros em Roma e três em Florença.

Note, porém, que passar por tantas cidades grandes de carro será estressante. Na Itália, o carro só não será um estorvo nas cidades pequeninas, onde dá para estacionar em bolsões fora do centro histórico. O risco de levar multas em zona de tráfego exclusivo para veículos autorizados é enorme.

Se você me permite recomendar um roteiro que eu realmente aprove, lá vai.

Fiquem quatro dias em Barcelona; a cidade tem temperaturas agradáveis no inverno. Então voem a Roma, para quatro dias (tirem um para ir a Pompeia, de trem). Aluguem um carro ao sair de Roma e montem base em Siena por quatro dias. Em dias alternados, façam passeios de carro ao Val d'Orcia (Pienza, Montalcino, Montepulciano), a Assis e a Cortona. No último dia, façam a estrada Chiantigiana, passem por San Gimignano e devolvam o carro em Florença.

Fiquem três dias em Florença. Tirem um dia para um bate-volta a Pisa e Lucca, de trem. Então, mudem-se por dois dias para a vizinha Bolonha; façam um bate-volta a Modena, para visitar a fábrica da Ferrari em Maranello. Sempre de trem, continuem a Veneza, para três dias. Que tal um pouco de neve? Sigam a Cortina D'Ampezzo (trem + ônibus) para outros três dias. Desçam a Milão para mais três dias (não deixem de comprar com antecedência o ingresso para ver a Última Ceia, no site cenacolovinciano.net). Voem de volta a Barcelona para os últimos dias antes de voltar ao Brasil.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.