Nilton Fukuda/Estadão
Nilton Fukuda/Estadão

5 passeios imperdíveis em Itacaré

Litoral recortado de enseadas e morros tem praias urbanas ou acessíveis por trilhas.

O Estado de S.Paulo

05 Setembro 2017 | 04h16

A partir de Ilhéus (70 quilômetros) ou mesmo do Transamérica Comandatuba (150 quilômetros), Itacaré está a uma distância aceitável para um bate-volta – ou para esticar o roteiro. É a cidade que limita a Costa do Cacau ao norte. Seu litoral é recortado por enseadas, separadas por morros recobertos de Mata Atlântica – uma paisagem que lembra a rodovia Rio-Santos. 

Algumas praias são de acesso mais fácil, outras exigem trilhas. Como não é possível ver tudo num dia só, confira os pontos mais bacanas. 

1. Rua Pedro Longo

É a principal da cidade e leva até as praias. É nela, entre pousadas, hostels, agências de passeios, lojinhas e restaurantes, que você entende o amor dos jovens e dos mochileiros por Itacaré. 

2. Praia da Concha

É a mais central e movimentada. Está na foz do Rio de Conchas, tem mar calmo, barracas, pousadas e um mirante ao lado – por isso, acolhe bem famílias. Em até 20 minutos a pé você chega às vizinhas praias do Resende e da Tiririca, mais desertas e com ondas fortes, procuradas por surfistas. Pouco depois está a Praia da Ribeira, que tem barracas.

3. Jeribucaçu

A praia, 9 quilômetros ao sul do centro, é um dos cartões-postais de Itacaré. Depois de deixar o carro no estacionamento (pago), o acesso é por uma trilha de nível médio que leva cerca de 40 minutos para ser feita e tem duas subidas. Na praia, o clima é rústico: barracas simples vendem peixe assado e tapioca. O Rio Jeribucaçu garante o banho de água doce. 

4. Itacarezinho

Itacarezinho deve muito de sua fama ao fato de ser endereço de um dos resorts mais luxuosos da Bahia, o Txai. O jeito mais bonito de chegar lá é fazer o passeio guiado que combina outras três praias: a linda Engenhoca, repleta de coqueiros e à qual se chega por uma trilha bem fácil, Havaizinho e a pequena Camboinha. Compre nas agências do centrinho. Também é possível ir direto a 

Itacarezinho, que tem acesso a partir da rodovia BA-001.

5. Aventura

A 8 quilômetros do centro, o distrito de Taboquinhas foi importante na vida econômica de Itacaré no auge do cacau. Atualmente, se destaca pelo turismo de aventura. É possível fazer rafting no Rio de Contas e visitar as cachoeiras de Noré, de 15 metros de queda, e da Pancada Grande, com 40 metros. Pousadas estão no centrinho. 

Mais conteúdo sobre:
Bahia [estado]

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.