Adriana Moreira/Estadão
Adriana Moreira/Estadão

5-Patacho

Praia se transformou em sinônimo de exclusividade

O Estado de S.Paulo

21 Novembro 2017 | 03h30

Nos últimos anos, a Praia do Patacho se transformou em sinônimo de luxo e exclusividade, com pousadas como Aldeia Beijupirá, Pousada Patacho e Xuê, entre outras. A praia não tem bares, restaurantes ou vendedores à beira-mar, e é preciso se embrenhar por estradinhas de terra, em meio ao coqueiral, para chegar ali.

Os coqueiros, aliás, emolduram Patacho e sua vizinha, a Praia da Laje, ambas perfeitas para quem não quer nada além de ouvir o barulho do mar. As piscinas naturais estão logo ali – as próprias pousadas agendam passeios com jangadeiros para explorá-las. 

 A Praia do Patacho pertence ao município de Porto de Pedras, onde não faltam pousadas e restaurantes. O farol de 1940 é o principal cartão-postal – quem faz o passeio de buggy sempre para ali.

Se você quiser continuar pela Rota Ecológica até Japaratinga ou Maragogi, é preciso cruzar o Rio Manguaba de balsa, em um trajeto de não mais que dez minutos. Deixe a câmera fotográfica sempre a postos.

Mais conteúdo sobre:
Alagoas [estado]

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.