Bruna Tiussu
Bruna Tiussu

6. Sair da dieta

Sabores e temperos costumam conter altas doses de cultura local. Podem ajudar a entender o modo de vida de uma população ou refletir tendências de um destino. Sendo assim, por que se privar?

Adriana Moreira, O Estado de S. Paulo

30 Dezembro 2014 | 03h00

TOSCANA

O zelo no preparo dos pratos, os vinhos elaborados com cuidado e os temperos frescos dão sabor especial à tudo que se prepara na Toscana. A pedida é ir de carro, se perder entre as cidadezinhas, parar em pequenos restaurantes e vinícolas. Ou seguir logo para os endereços renomados: há 35 restaurantes com estrelas Michelin na região italiana. Mesmo sem estrelas, o La Villa, do Hotel L’Andana, em Castiglione della Pescaia, tem a assinatura do chef francês Alain Ducasse e menu que varia ao longo do ano (fecha no inverno). Mais: andana.it.

Se preferir um roteiro definido, a operadora de luxo Ciele di Toscana é especializada na região. Em agosto de 2015, haverá uma saída para assistir ao show do tenor Andrea Bocelli em Lajatico, sua cidade natal. Sete noites em hotéis cinco-estrelas, sem aéreo, desde 8.600 euros o casal; cieleditoscana.it/pt.

TIRADENTES

Restaurantes estilosos em uma cidade colonial transformaram a mineira Tiradentes em um destino gastronômico por excelência. Na edição 2015 do Guia Brasil, dois dos restaurantes da cidade ficaram entre os 50 melhores do País: Angatu, do chef Rodolfo Mayer, e Kitanda Brasil, da chef Tanea Romão.

Para comer como se não houvesse amanhã, vá em meados de agosto, quando ocorre o Festival Cultura e Gastronomia de Tiradentes, que terá sua 17ª edição em 2015. Ao longo de duas semanas, espere chefs famosos, jantares e oficinas disputados e muitas calorias.

LIMA

O mix de sabores da culinária peruana conquistou o mundo. E nada melhor que desembarcar na capital do país para provar os sabores mais autênticos da culinária local.

Considerado o melhor da América Latina pela revista Restaurant, Astrid y Gastón, do renomado chef Gastón Acurio, leva os ingredientes locais a outro patamar. Seu menu-degustação mais recente, Memorias de Mi Tierra, oferece três horas de comilança a US$ 250, com harmonização de bebidas.

Para ter uma visão mais global (e barata) da gastronomia peruana, vá entre 5 e 14 de setembro, na Feira Mistura. O festival reúne dezenas de restaurantes e barracas em um mesmo espaço, com preços mais democráticos. Ceviches, quinoa, lúcuma, entre outros sabores, estão nos menus. Mais: mistura.pe.

Mais conteúdo sobre:
ano-novo 2015 dieta

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.