Soulpics Photography
Soulpics Photography

Socorro ganha decoração natalina: veja o que mais fazer na cidade

Evento 'Luzes de Natal' começa este fim de semana e vai até 5 de janeiro; a 135 km da capital, cidade é boa pedida para escapada de fim de semana

Redação, O Estado de S.Paulo

22 de novembro de 2019 | 12h00

Se você é uma daquelas pessoas que esperam o fim do ano chegar para encher os olhos com árvores de Natal e ruas iluminadas, uma escapada até a cidade de Socorro, a 135 km da capital paulista, pode ser uma boa ideia para o fim de semana. Parte do chamado Circuito das Águas, ao lado de cidades como Serra Negra, Amparo e Águas de Lindóia, Socorro vem investindo forte em sua decoração natalina. O evento Luzes de Natal já recebeu mais de 750 mil visitantes desde 2013. A edição 2019 começa hoje, 22 de novembro, e vai até 5 de janeiro.

Neste ano, a decoração de Natal, feita com lâmpadas coloridas e 150 mil garrafas pet reutilizadas, se espalhará por cinco quilômetros de ruas. A abertura terá exibição da Orquestra do Conservatório Municipal de Socorro e performance de estátuas vivas. 

A parte musical, aliás, é bem eclética. Recitais de instrumentos de sopro, percussão, cordas, piano e uma cantata natalina de 120 vozes convivem com bandas de pop, rock e samba. Oficinas de bordado e de enfeites de Natal completam a programação.

De esportes radicais a relaxamento

Enquanto o cair da tarde não revela as luzes natalinas, Socorro tem outras atividades para preencher o tempo. O centrinho tem boa oferta de lojas de roupas, calçados e artesanato, além de restaurantes, lanchonetes e sorveterias. Nas cachaçarias, além das aguardentes de cana dá para comprar licores, compotas, geleias, queijos e pimentas.

Para fãs de esportes radicais, a cidade tem uma oferta surpreendente de opções. A 4 km do centro, a Estrada Socorro-Munhoz alinha diversos parques de aventura, que oferecem modalidades como rafting, tirolesa e rapel - são seis empresas diferentes. Em algumas delas, como o Rios de Aventura, é preciso reservar a atividade desejada com antecedência. Já no Hotel Fazenda Parque dos Sonhos, dá para chegar e escolher na hora entre um extenso cardápio de aventuras.

A Rios de Aventura tem duas opções de rafting: a Família, mais amena, pode ser feita por pessoas a partir de 7 anos de idade, dura uma hora e custa R$ 85 por pessoa. O aluguel da roupa de neoprene custa mais R$ 15. Já o rafting Aventura, com percurso de 1h30, é indicado a partir dos 13 anos e custa R$ 110.

As tirolesas são o destaque do Parque dos Sonhos. São sete trajetos diferentes, com preços entre R$ 15 e R$ 80. Nenhum é tão inusitado como a Tirolesa Voadora (R$ 80): o participante faz a travessia deitado de bruços e o percurso, de 1 km de extensão, termina só no município vizinho, Bueno Brandão, já depois da fronteira com Minas Gerais.

No parque Kango Jango, dá para fazer arvorismo, uma travessia suspensa em cordas na altura da copa das árvores. O percurso de oito plataformas é liberado a partir de 6 anos de idade, dura cerca de 40 minutos e custa R$ 35; mais complexo, o de quinze plataformas é feito em uma hora, indicado a partir de 10 anos de idade e custa R$ 45. 

Para adeptos de emoções mais moderadas, as empresas oferecem cavalgadas (R$ 50), passeios de quadriciclo (a partir de R$ 110 para duas pessoas no mesmo veículo; é preciso ter 16 anos para dirigir e 7 para ir na garupa) e caminhadas. A Trilha das Cachoeiras (R$ 65, na Monjolinho) tem duração de 1h40 e inclui paradas para banho em três cachoeiras.

E, por falar em água, outra atração de Socorro indicada para quem quer relaxar é o Balneário de Pompeia. Ele fica dentro de um hotel da Associação dos Funcionários Públicos do Estado de São Paulo (Afpesp), mas seus tratamentos de bem-estar também são abertos a não associados. Os banhos (R$ 10,50), sempre de 20 minutos, podem ser de imersão ou de espuma, com a adição (opcional) de sais de vários tipos - alguns são relaxantes e outros, bons para a pele. 

Há também o chuveiro agulha (R$ 8,50), que lança pingos fininhos com muita pressão e ajuda a relaxar, além de reflexologia (R$ 75), massagens (30 minutos por R$ 60, 1 hora por R$ 100) e serviços de estética (que podem ser agendados pelo telefone (19) 3855-9915; para os banhos, o atendimento é feito por ordem de chegada).

A distância curta entre Socorro e São Paulo torna viável um bate-volta a partir da capital. Mas, para quem quiser passar o fim de semana por lá, as opções de hospedagem vão de hotéis-fazenda e pousadas (que proporcionam passeios a cavalo, degustações de café ou apenas noites em frente à lareira) a locais para camping à beira do Rio do Peixe. 

Tudo o que sabemos sobre:
Socorro [SP]

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.