A cavalo, entre fazendas históricas

No roteiro de três dias pelo interior paulista, cafezais, bosques e a tradicional comida caseira acompanham o visitante

Maria Rehder, O Estado de S.Paulo

25 Novembro 2008 | 02h42

Na cozinha do casarão colonial azul e branco sai um inconfundível cheiro de bolo de pão de queijo, uma especialidade local. No quarto, janelas largas, cama de jacarandá e criado-mudo com tampo de mármore, lembranças da época dos barões do café. É em meio a esse clima aconchegante da Fazenda Nova, em Mococa, que começa a Cavalgada das Fazendas Históricas.A propriedade de mais de 150 anos é um aperitivo do que o visitante encontrará no caminho. A cavalo, o grupo avança cinco horas por dia, com pausas para comer, descansar e, claro, admirar a paisagem. Os cavaleiros dormem em uma propriedade diferente em cada dia. Afinal, a região faz parte do chamado Circuito Café com Leite, que reúne mais de 30 fazendas históricas do noroeste paulista e do sudoeste mineiro. Representante da sétima geração da família fundadora da Fazenda Nova, Leonor Figueiredo Rosseti Rais, de 67 anos, recebe os turistas com a hospitalidade típica do interior. Para encarar a expedição, não é preciso ser um exímio cavaleiro. Basta ter tido algum contato anterior com os animais. Na agência Cavalgadas Brasil, por exemplo, há roteiros de três ou cinco dias.COM OU SEM LUAQuem faz a opção mais curta descobre que, no primeiro dia, o objetivo é justamente se adaptar ao animal. Os participantes fazem um percurso de uma hora, depois do qual são recebidos com a farta e saborosa culinária da fazenda. Se a lua estiver cheia, tanto melhor. Os dois dias seguintes serão entre cafezais e áreas de mata atlântica. A rota inclui, ainda, outras seis fazendas históricas.Durante o percurso, lanches substituem o almoço. Afinal, chacoalhar sobre o cavalo de estômago cheio não é muito recomendável, certo? Mas saiba que as calorias serão repostas com requinte no jantar. O cardápio varia de acordo com a fazenda onde o grupo vai passar a noite, mas há espaço tanto para as pizzas - feitas pelos próprios hóspedes no forno a lenha - quanto para pratos típicos da culinária mineira, como lombo e tutu de feijão. Isso sem falar na sobremesa, composta quase sempre por um bolo de pão de queijo quentinho, cujo cheiro invade toda a casa... Cavalgada das Fazendas Históricas: a partir de R$ 325 por dia; (0--11) 7562-8884Fazenda Nova: diária a R$ 180; (0--19) 3656-0109Agência Café com Leite: Roteiros de ecoturismo e fazendas históricas por R$ 280; (0--19) 3656-0109

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.