Mônica Manir/Estadão
Mônica Manir/Estadão

A hora do chá

Um dos costumes herdados da colonização britânica, a bebida é parte dos roteiros da cidade

Mônica Manir/ Cidade do Cabo, O Estado de S. Paulo

06 Dezembro 2016 | 04h30

Como toda colônia britânica, a África do Sul é farta em chás – ou infusões. O mais famoso é o rooibos, ou chá vermelho, que fica ótimo com mel e uma rodela de limão e pode ser deixado em infusão por dias que não amarga. Comprei uma versão com maçã e menta numa loja de souvenirs, mas você encontra rooibos, darjeeling, oolongo e outros em lugares mais “orgânicos”, como o Tea Bar, na Long Street, que agrega ao cardápio a marca da produção sustentável. 

Se quiser experimentar um glamouroso chá da tarde, a pedida é outra: o Belmond Mount Nelson Hotel (bit.ly/belmondcape), carinhosamente chamado de Nellie, aquele do jantar para Winnie. Seu chá já virou uma instituição na cidade. Entre 13h30 e 17h30, você pode se sentar de frente para um jardim de rosas e saborear, ao som do piano, uma sequência de minissanduíches de rosbife, salmão defumado, rúcula, maionese de ovo ou pepino, acrescidos de miniquiches e miniempanadas crocantes e seguidos de uma mesa de tortas, merengues, sonhos, scones e mais uma miríade de docinhos. A carta de chás é tão difícil de escolher quanto. Uma sugestão é o blend da casa, que leva darjeeling, kenya, assam, keemun, ceyloon e pétalas de rosa do jardim lá de fora. Preço por pessoa: 295 rands (R$ 72).

Para quem prefere café, há uma disseminação de redes de coffee shops pela cidade. A Black Insomnia mistura grãos brasileiros com os de Uganda e Guatemala; a Deluxe acrescenta grãos etíopes e costa-riquenhos, com música bem boa ao fundo. Quer algo mais tranquilex? Procure um assento no Café Nood. Ainda tem o Truth Coffee, o Rcaffe, o Rosetta, o Jason Bakery, a Daily Buzz... A Cidade do Cabo está se dobrando à cafeína.

Mais conteúdo sobre:
África do Sul África do Sul África

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.