Acordo pretende crescer exposição do vinho nacional

No fim de outubro foi suspenso o processo iniciado em 2011 por produtores nacionais que pedia salvaguardas sobre a importação de diversos tipos de vinhos finos estrangeiros, com aumento da carga tributária. O objetivo era fazer crescer a participação dos vinhos finos brasileiros no mercado - importados somam 80% do consumo no País.

O Estado de S.Paulo

13 Novembro 2012 | 02h12

O Ministério do Desenvolvimento acatou acordo entre produtores nacionais, importadores e supermercados para aumentar a exposição do vinho nacional nas gôndolas e deixar de comprar bebidas de fora muito baratas e de baixa qualidade. A meta é obrigar os importados a concorrer com os melhores vinhos nacionais e dobrar suas vendas e o consumo de vinho até 2016, para 40 milhões de litros por ano.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.