Agito em Geribá e esportes na Ferradura

Só indo a todas para descobrir qual é sua faixa de areia favorita

Adriana Moreira, O Estado de S.Paulo

03 Fevereiro 2009 | 02h30

Água gelada e transparente são características das praias de Búzios. Você vai se encantar com todas, isso é garantido. Mas uma certamente será a sua preferida. Tenha uma prévia do que vai encontrar por lá:

 

Calmaria em João Fernandes (no alto) e clima de paquera em Geribá (à esquerda); na Armação, um belo pôr-de-sol para curtir a dois

 

Geribá

A mais badalada, para quem quer ver e ser visto. O centro do agito fica na frente do Fishbone, bar dos sarados, espécie de balada diurna com música alta e azaração. Achar um pedaço de areia para estender a canga pode ser difícil, mas ninguém se importa em ficar de pé. A paquera que começa ali pode continuar na Rua das Pedras, à noite.

 

Veja também:

Região dos lagos:

linkUm roteiro para invadir de vez as melhores praias dos cariocas

linkFuja da multidão, não de Cabo Frio

linkBons endereços para o merecido descanso

linkMariscada com os Flinstones

linkExplore as belezas de Arraial, em cima ou debaixo d'água

As ondas fortes e bem formatas fazem do surfe o esporte oficial daquele trecho. Quem não tem intimidade com a prancha pode aprender a modalidade: as escolas montam tendas na areia e cobram de R$ 25 a R$ 30 por uma hora de aula.

João Fernandes

Rasa e sem ondas, tem águas calmas e é ótima para levar as crianças. Os costões de pedra também se revelam excelentes para snorkeling. Não trouxe equipamento? Alugue ali mesmo, por R$ 10. A concentração de argentinos é tal que o vendedor de sorvetes desistiu de gritar "picolé" e agora passa oferecendo "helados".

Quem chega cedo pode ver pescadores trazendo ostras frescas, que custam R$ 20 a dúzia. Aproveite o clima de tranquilidade no Bar do Nêgo, no canto direito. A porção de isca de peixe (R$ 28) vem sequinha e sem espinhos. Para acompanhar, água de coco (R$ 3). Logo ao lado está João Fernandinho, pequena e de águas calmas.

Ferradura

Wakeboard, banana-boat, caiaque... A Ferradura é ótima para esportes aquáticos. Sem ondas e com boa profundidade, seu formato lembra mais um lago que um braço de mar. Os equipamentos podem ser alugados do lado esquerdo da praia, ao preço médio de R$ 20 por pessoa.

Brava

Tem alta concentração de surfistas - e de flanelinhas. Os estrangeiros também adoram. Nesta temporada, alguns vieram de bem longe: os pinguins. Uma trilha no canto direito leva à Olho-de-Boi, de nudismo.

Tartaruga

Se for de carro, nem pense em parar no primeiro "estacione aqui" que passar. O local cobra inflacionados R$ 10 por veículo. Siga em frente e pare perto dos quiosques. Grande e agradável, é frequentada por famílias.

Armação

Esqueça o banho de mar. A Armação faz parte da Orla Bardot e é o principal ponto de ancoragem de embarcações. Reserve um fim de tarde para passear por ali: o pôr-do-sol é espetacular. E aproveite para pagar um mico, tirando uma foto do lado da estátua de Brigitte Bardot.

Canto

Bem perto do centro, é larga e muito bonita. Mas sofre com a sujeira deixada por turistas e pelos moradores. Caminhando pelas pedras do lado esquerdo chega-se à pequena e pouquíssimo frequentada Praia dos Amores.

Buggy ou barco

Procurar a praia perfeita é a melhor desculpa para percorrer o litoral de Búzios. Você pode fazer o trajeto de carro, buggy ou barco. Ou combinar as alternativas. A vantagem de estar motorizado é ter como parar nos mirantes - somente perto da Praia de João Fernandes existem dois. É claro que também há desvantagens, como os flanelinhas. Eles estão por toda parte e cobram R$ 5. Os barcos surgem como opção. Além de permitirem observar o litoral de outra perspectiva, os passeios levam a pontos mais distantes, como a Ilha Feia, ótimo point de mergulho. Para trechos curtos, o melhor é o táxi aquático. Na Praia dos Ossos, o preço mínimo da "corrida" é R$ 4 - o valor sobe de acordo com a distância. Quem tem horror de barcos pequenos pode ir de escuna. O preço médio dos roteiros é de R$ 30 - com bebidas. Os barcos saem da Praia da Armação e percorrem a rota da Praia da Tartaruga à João Fernandinho, quase sempre ao som de axé.

Mais conteúdo sobre:
Viagem região dos lagos

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.