REUTERS|Stringer
REUTERS|Stringer

Agra - Shah Jahan e Mumtaj Mahal

A 180 km de Nova Délhi fica o Taj Mahal, um monumento considerado patrimônio da humanidade, construído para declarar o amor do monarca Shah Jahan, na Índia

O Estado de S.Paulo

06 Junho 2017 | 04h30

Você pode não conhecer os seus nomes, mas, certamente, só de olhar o edifício construído por ordens do apaixonado esposo em homenagem à falecida amada, é fácil identificar sua história. Trata-se do Taj Mahal, um dos monumentos mais belos da Índia, que é considerado patrimônio da humanidade pela Unesco. Foi construído em Agra, a 180 km de Nova Délhi, por ordens do monarca Shah Jahan em lembrança a uma de suas mulheres. Mumtaj Mahal, declaradamente a preferida entre todas.

Mumtaj Mahal morreu durante o parto do seu décimo quarto filho, o que levou o monarca a declarar seu amor de forma monumental. Mais de dez mil artesãos indianos e persas trabalharam por 22 anos para a construção do monumento. O trabalho foi minucioso, pedras semipreciosas foram incrustadas sobre o mármore branco e formaram o desenho floral que hoje se vê.  E diz a lenda que, depois que o trabalho foi terminado, os construtores tiveram as suas mãos cortadas para nunca mais reproduzirem tamanha beleza arquitetônica.

 

O ingresso custa 1000 rupias indianas ou R$ 50. Em Agra, aproveite para conhecer outros pontos turísticos no tour Colonial Ride of Agra (bit.ly/2rgOZPV), um passeio de quatro horas que mostra como foi forte a influência inglesa na cidade. Agra esteve sob domínio direto britânico entre os anos 1803 e 1829, mas também de outros povos, como os portugueses e gregos.

Leia mais: Todas as dicas do Viagem para a Índia

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.