Jaime Borquez/Divulgação
Jaime Borquez/Divulgação

Banho de águas quentes na Ensenada Pérez

As águas termais da Enseada Pérez são uma atração da Patagônia chilena recentemente aberta ao público. Acompanhamos uma viagem de teste com a equipe do Hotel Loberias del Sur para analisar a estrutura à disposição dos visitantes. Para não hóspedes, o hotel vende o passeio a 100 mil pesos chilenos (R$ 480), com visita também ao monumento natural Cinco Irmãs.

Puerto Chacabuco, O Estado de S.Paulo

07 Março 2017 | 03h54

Foi um dos passeios mais próximos de Puerto Chacabuco que fizemos. O trajeto tem duração de uma hora e é feito em um catamarã com 90 lugares. No entanto, as termas só podem receber 54 pessoas por dia. A Enseada Pérez possui duas piscinas naturais cujas águas variam sua temperatura ao sabor dos humores do Vulcão Maca, responsável pelo aquecimento natural.

No dia da nossa visita, a temperatura estava em 45 graus, o que permitiu o banho – acima desse valor, turistas não são autorizados a entrar na água. A vista é para a natureza e as montanhas do entorno.

O local tem chuveiros – gelados – e espaço para pendurar roupas e toalhas. Depois de uma hora mergulhados nas águas quentes, fomos convidados a uma volta de bote para admirar outros veios de águas quentes que brotam por ali. Estes, sem permissão para mergulhos. No trajeto de volta do passeio passamos pelo monumento natural Cinco Irmãs. São cinco pequenas ilhas, que formam uma reserva de 228 hectares, e cujo acesso pode ser feito tanto via Puerto Aysén (distante 50 quilômetros) quanto pelo caminho que fizemos a partir de Puerto Chacabuco.

Mais conteúdo sobre:
Patagônia

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.