Divulgação
Divulgação

Annapolis, a capital da vela, recebe turistas com guias vestidos com trajes de época

Esticada até a cidade do Estado de Maryland é ver de perto a maior concentração de casas preservadas do século 18 nos Estados Unidos

Marcelo Lima, O Estado de S. Paulo

09 Agosto 2016 | 04h55

ANNAPOLIS - Nas ruas da parte histórica, o clima é de antigamente. Capital do Estado de Maryland, a pequenina Annapolis abriga a maior concentração de casas preservadas do século 18 nos Estados Unidos. São construções feitas de madeira, de uma época em que alvenaria era luxo acessível apenas aos muito ricos. Histórias de fantasmas e incêndios destruidores povoam o imaginário local e motivam passeios turísticos temáticos a endereços supostamente marcados pela assombração.  Annapolis fica às margens da Baía de Chesapeake, onde foi fundada em 1708 e batizada em honra da rainha Ana, da Grã-Bretanha. Localizada a 50 quilômetros de Washington, a cidade que hoje está pelos 40 mil habitantes carrega o apelido de “capital da vela”, deixando claro que longos passeios mar adentro são a pedida na cidade. 

Passeios, aliás, são guiados por figuras vestidas com roupas de época, um notável costume local. Em Annapolis, para onde quer que se olhe, haverá alguém vestido de maneira particular. Além do guias de turismo com perucas brancas e punhos de renda, os oficiais e candidatos a oficiais da prestigiosa Academia Naval de Annapolis, uma das mais tradicionais instituições militares americanas, formam outro grupo de destaque a bordo de seus impecáveis uniformes.

Igualmente indissociáveis na paisagem são os pintores de rua à moda da França. E, mais recentemente, grafiteiros convidados a colorir algumas paredes dentro do projeto Urban Wall Brazil, criado para promover intercâmbio cultural entre a cidade e, sim, o Brasil. Trajando boinas, bonés e aventais sujos de tinta, artistas se espalham por ruas, praças, e becos. Sobretudo ao longo da Main Street, a pitoresca e agitada via central, que corta a cidade e termina na Baía de Chesapeake.

É na Main Street que você deve bater pernas, fazer pequenas compras e provar a comida local, que tem os generosos crab cakes, feitos com carne de caranguejo temperada e gratinada. Para uma refeição completa, o Osteria 177 serve lulas à dore sequinhas e seguidas de frutos do mar grelhados, tudo acompanhado por vinho branco italiano.

Para terminar bem a jornada, nenhum outro lugar se equipara à Annapolis Ice Cream Company, também na Main Streeet. A fachada da sorveteria lembra uma loja de brinquedos pela quantidade de pinguins de pelúcia na vitrine, à venda. Os preços começam em US$ 8, os pinguins, e US$ 5, a bola de sorvete.

ONDE COMER

Os moradores de Annapolis certamente não exageram quando se referem o Galway Bay Irish Restaurant and Pub como um dos lugares da cidade que melhor transmitem a sensação de se sentir em casa. De fato, tudo por ali é extremamente receptivo e caloroso. Da simpatia dos garçons à ambientação, com suas paredes de tijolinho, móveis rústicos de madeira e nichos repletos de objetos vintage. No quesito comida, uma generosa porção de ostras servidas na concha sai por US$ 10. Uma tentação capaz de tornar qualquer happy hour irresistível, em especial se acompanhada de uma das boas cervejas da casa.

ONDE DORMIR

Debruçado sobre a Baía de Chesapeake, o Annapolis Waterfront Hotel pode não ser o único hotel por ali capaz de agradar aos turistas mais exigentes. Mas é, por certo, o que oferece a melhor vista da cidade. Sobretudo se você tiver a sorte de ser hospedar em um quarto com vista para o mar. Com diárias para casal a partir de US$ 360, além da paisagem, o hotel oferece outros atrativos. Caso de seu bem abastecido bar. Ou ainda da possibilidade de visitar seu ancoradouro e embarcar rumo ao mar para uma simples degustação ou até mesmo uma celebração completa em meio às ondas.

*Viagem a convite de Capital Region USA e Copa Airlines.

Mais conteúdo sobre:
Maryland Estados Unidos

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.