Roberto Castro/MTur
Roberto Castro/MTur

Aos pés de juçara

Juçara: eis o nome do açaí no Maranhão

O Estado de S.Paulo

22 Maio 2018 | 03h30

Prazer, meu nome é juçara, mas pode me chamar de açaí. Em um dos momentos mais interessantes de toda a viagem, fomos para o bairro de Maracanã, onde fui apresentado à juçara – na verdade, o bom e velho açaí, que no Maranhão tem nome diferente. 

O bairro é conhecido pela produção da frutinha. Fizemos ali uma trilha pelo juçaral, onde o condutor Adriano esbanjou carisma nos mostrando onde são retirados os galhos da fruta, além de nos ensinar a subir em um pé de juçara. Sim, eu fui cobaia desta ação e me tornei um exímio colhedor de juçara.

A fruta é pilada e processada para ficar líquida, servida de diferentes maneiras: mais doce, com o acréscimo de açúcar e farinha d’água, ou salgada, mergulhada em carne de sol ou em uma porção de camarão, o que resulta um gosto bem agridoce. Experimentei de todas as maneiras e preferi a versão mais doce com o acréscimo de açúcar e uma farinha crocante que eles vendem como complemento. O litro de juçara sai por R$ 15 e com os acréscimos, doce ou salgado, o preço varia entre R$ 25 e R$ 30.

A juçara é tradicional e extremamente conhecida por toda a cidade, tanto que se tornou ícone da Festa da Juçara, realizada em meados de outubro. Definitivamente, eu caí de amores por juçara.

Mais conteúdo sobre:
São Luís [MA] Maranhão [estado]

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.