Aplicativos enviam alertas de lugares disponíveis

E o que fazer se você já reservou um voo e todos os assentos decentes estão ocupados? Antes de se conformar com o meio da fileira do meio ou aquela poltrona colada na divisória do banheiro, saiba que sim, há chance de consertar a situação - ao menos de tentar - com ajuda de aplicativos de rastreamento de assentos. Infelizmente, tais aplicativos ainda não fazem a reserva imediata quando aquele lugar que você cobiça fica vago. Mas ajudam bastante: avisam que alguém desistiu daquela poltrona na qual você está de olho.

O Estado de S.Paulo

06 Agosto 2013 | 02h19

A tarefa de correr para o site da companhia aérea ou para o telefone e remarcar o assento antes que outro passageiro grandão o faça fica por conta da sua agilidade.

Uma dessas ferramentas é o Seat Tracker, nova função do popular organizador de viagens

TripIt Pro (tripit.com/seattracker). Para usar a função de rastreamento de assentos você precisa ser assinante (US$ 49 por ano; antes de pagar, o website oferece uma degustação gratuita por 30 dias).

Assinantes só precisam se logar, criar um alerta específico para o voo em questão e então selecionar suas preferências - janelinha, corredor, na frente da asa, atrás dela, na saída de emergência, dois lugares juntos. Se algum assento que preencha seus critérios fica vago, o aplicativo avisa por mensagem de texto

ou e-mail. Disponível para iOS, Android e Blackberry,

O ExpertFlyer é gratuito no primeiro alerta enviado. Funciona de forma similar: você baixa o aplicativo (para iOS e Android), cria um alerta de voo com o nome que desejar e define, entre os critérios de escolha disponíveis, aqueles que deseja que o seu lugar no avião preencha. Ainda é possível receber alertas adicionais depois do primeiro, ao custo de US$ 0,99 cada.

O aplicativo foi criado com a função principal de ajudar viajantes frequentes a aproveitar bem suas milhas e obter upgrades de classe no voo. Há opções de assinaturas mensais, que custam entre US$ 4,99 e US$ 9,99. O ExpertFlyer também permite degustação gratuita por cinco dias. Informações: expertflyer.com/free-program.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.