REUTERS/ Ammar Awad
REUTERS/ Ammar Awad

Artista Banksy abre hotel em frente ao muro israelense na Cisjordânia

Hotel Walled-Off tem diárias a partir de 30 dólares

O Estado de S. Paulo

04 Março 2017 | 10h20

O artista britânico Banksy revelou nesta sexta-feira, 3, sua nova criação: um hotel em frente ao muro de segurança construído por Israel em Belém, na Cisjordânia. O Hotel Walled-Off oferece quartos com vista para o famoso muro, uma das maiores representações do conflito entre Israel e Palestina.

O nome do hotel é uma referência à rede de estabelecimentos de luxo Waldorf e ao muro, já que "walled off" significa "separado pelo muro" em inglês. Banksy criou o estabelecimento no interior de um edifício residencial vazio situado a poucos metros do muro. Dos nove quartos, sete foram decorados por ele, e os outros dois por artistas canadenses e palestinos.

Em uma parede, sobre uma cama, um soldado israelense e um manifestante palestino se confrontam em uma guerra de travesseiros. Na suíte presidencial, uma jacuzzi é alimentada por um tanque de água similar aos que os palestinos instalam em suas casas.

O diretor do hotel, Wissam Salsaa, afirma que não se trata apenas de um projeto artístico, mas também um hotel verdadeiro com quartos para hospedagem que poderão ser reservados em março, a partir de 30 dólares a noite. O site do hotel explica que Banksy escolheu a área porque "toda vez que Deus vem à Terra, é em um lugar por aqui". O texto exalta a arquitetura, a vista, a comida e a história da região.

Os conflitos, o muro e os territórios palestinos são uma fonte de inspiração para Banksy, conhecido por suas obras anônimas em espaços públicos. Em 2015, o artista entrou em segredo na Faixa de Gaza para pintar três obras nos muros do território devastado um ano antes por uma guerra entre o movimento palestino Hamas e Israel.

Com informações da AFP.

Mais conteúdo sobre:
Banksy Israel Belém Deus Terra Hamas

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.