Marina Vaz/Estadão
Marina Vaz/Estadão

Astronauta por um dia no Kennedy Space Center

Nova experiência de parque da Nasa na Flórida simula a microgravidade e dá a sensação de flutuação no espaço

Marina Vaz, O Estado de S.Paulo

19 Junho 2018 | 04h30

Em uma cadeira que simula a microgravidade, a sensação é de flutuar no espaço. Mas nem pense que basta curtir a leveza: também é preciso se locomover apoiado em barras, abrir e fechar portas, entre outras tarefas. Tudo como um astronauta de verdade faria numa missão espacial. 

Astronaut Training Experience, ou ATX, é uma das novidades do complexo turístico Kennedy Space Center, que pertence à Nasa e fica perto da estação de lançamento de foguetes da agência espacial americana no Cabo Canaveral. Estreou em meados do primeiro semestre deste ano e tem como objetivo fazer os turistas se sentirem como astronautas por um dia. Com duração total de cinco horas e custo de US$ 150, a atração foi desenvolvida com a ajuda de veteranos da Nasa. 

Em um de seus módulos, com óculos de realidade virtual e luvas com sensores de movimento, o “astronauta” se vê em um planeta distante e tem de carregar caixas, abrir portas e apertar botões. Parece mais fácil do que é, o que causa boas risadas.

Outro recém-lançado é o programa Mars Base 1, com sete horas de duração (US$ 200). Na estação batizada de Centro de Operações, você gerencia, por meio de computadores, comunicações com Marte, análises cartográficas, informações relativas à manutenção do hábitat e até situações de emergência. As luzes piscando e os sinais de alerta criam uma tensão bem real.

Prepare-se também para programar robôs a cumprirem tarefas e para testar sistemas de iluminação e injeção de nutrientes em vegetais, numa simulação de cultivo de alimentos em Marte. Entre eles, tomate, alface e mostarda – que, depois, serão realmente enviados para o espaço. “Os tomates não estão indo muito bem”, lamenta a guia.

 

Clássicos

O Kennedy Space Center existe desde a década de 1960, mas ganhou investimentos de mais de US$ 300 milhões a partir de 1995. O parque temático inspirado no programa espacial dos Estados Unidos tornou-se, assim, uma das grandes atrações da Flórida. O pavilhão Space Shuttle Atlantis exibe o ônibus espacial original, além de vídeos e instalações imersivas. Um simulador de lançamento dá ao visitante a experiência de deixar a superfície da Terra em direção ao espaço. Em depoimentos exibidos antes da “jornada”, astronautas que testaram a simulação dizem que ela é mesmo bem realista.

Na ala Heroes and Legends, uma das atrações mais recentes, os pioneiros do programa espacial norte-americano são homenageados. Há um hall da fama com mais de 90 astronautas que se destacaram na Nasa.

De ônibus, incluído no ingresso, os turistas são levados ao Apollo Saturn V Center. É onde estão os detalhes das missões Apollo – inclusive a 11ª, que chegou à lua. Estão expostas cápsulas em que viajaram astronautas e roupas originais. O ingresso do Kennedy Space Center custa US$ 50: kennedyspacecenter.com

Almoço com o astronauta

Na visita ao complexo, por mais US$ 30 é possível participar de almoço com um astronauta da Nasa, num salão de eventos (reserve).

O bufê, saboroso, inclui pães e antepastos, saladas, pratos quentes, sobremesas e bebidas à vontade. Chegue um pouco antes do horário marcado, sempre ao meio-dia, e vá logo se servir, para evitar o horário de pico da fila e não perder nada da apresentação do astronauta, que começa rapidamente. Com fotos e vídeos, ele mostra curiosidades como o desafio de montar, no espaço, um sanduíche de geleia e pasta de amendoim. Responde a perguntas da plateia e tira fotos com os participantes. Uma experiência bem simpática. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.