Bruna Toni/Estadão
Bruna Toni/Estadão

Atrações do Rio Quente Resorts que você terá de pagar à parte

Algumas atividades do complexo são pagas à parte. Confira o que nossa reportagem testou e recomenda

Bruna Toni, O Estado de S. Paulo

06 Fevereiro 2018 | 04h10

1. Megatirolesa 

De 40 metros de altura, parte-se para um percurso aéreo de 1.100 metros. Mais horizontal, proporciona um “voo” bastante tranquilo – pessoas de até 75 anos são bem-vindas – e uma vista incrível do complexo. R$ 99.

2. Rafting

Foram 2,5 km (pode ser mais se o grupo desejar) e 40 minutos de muito esforço e diversão, remando frente e ré pelo Rio Quente. Nosso guia, Douglas, quase desistiu: se o nível da água estiver baixo, corre-se o risco de atolar. Mas vencemos. R$ 89.

 

3. Bird Land

Dentro do Hot Park, é um viveiro de 2 mil metros quadrados com 200 aves, entre elas uma linda arara azul batizada Flávia (apesar de ser macho), um tucano e um charmoso pavão branco. Há também veados, cobra e um macaco que faz questão de roubar as atenções. R$ 58.

4. Mergulho

Por causa da chuva, a água da Lagoa Quente, onde rola o mergulho, estava turva e não dava para ver muita coisa – o que prejudicou a visibilidade, mas garantiu desconto. Com trajes especiais e guia acompanhando, é ideal para quem nunca teve a oportunidade. Desde R$ 95.

Mais conteúdo sobre:
Goiás [estado]

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.