Sandra Regina Carvalho/Estadão
Sandra Regina Carvalho/Estadão

Básicos indispensáveis de Toronto

Do alto da CN Tower aos bichos aquáticos, as atrações eternas da cidade do Canadá

Mônica Nóbrega, O Estado de S. Paulo

06 Junho 2017 | 04h30

Toronto mostra sua disposição criativa mesmo nos clássicos. Turistas podem caminhar a mais de 300 metros de altura ou pelos subterrâneos da cidade. Se for a primeira vez, não perca. 

Ripley’s Aquário

Aberto em 2013 ao lado da CN Tower, é uma das atrações mais novas de Toronto – mas é dessas que já nascem clássicas. São 16 mil bichos aquáticos de 450 espécies que habitam um complexo de tanques, vários deles interligados num roteiro que dá ao visitante a impressão de estar submerso. O gigantesco maquinário que movimenta, oxigena e forma ondas na água pode ser visto em funcionamento. Ingresso com hora marcada a 30 dólares canadenses (R$ 72). 

CN Tower

A CN Tower é a terceira torre (edifício não habitável) mais alta do mundo, com 553 metros, e a construção mais alta da América do Norte. Seu principal valor turístico é como mirante: o deque de observação mais alto fica a 447 metros de altura. Mais abaixo, a 342 metros, você pode caminhar sobre um piso de vidro olhando o vazio sob os pés. Ou fazer uma refeição no restaurante. Chega-se lá por elevadores de alta velocidade com paredes de vidro. Tíquetes de 36 a 48 dólares (R$ 87 a R$ 116). Em busca de uma experiência com nível avançado de frio na barriga? A Edge Walk é uma caminhada pela área externa da torre, a uma altura de 356 metros. Custa 225 dólares (R$ 542) por pessoa. 

Prefeituras nova e velha 

Na Praça Nathan Phillips, a prefeitura atual de Toronto é formada por duas torres circulares, de 1965. A antiga é um casarão do fim do século 19. Ambos são visitáveis, mas valem mais pelas fotos da fachada – como a própria praça, que além de receber festas públicas, abriga a fonte onde está o letreiro com o nome da cidade.

Mercado St. Lawrence

Este bom mercado de comida fresca é frequentado por turistas para experimentar o sanduíche de peameal bacon, um filé de lombo de porco. É uma comida típica de Toronto, e o mais famoso fica na Carousel Bakery, dentro do mercado. Custa 7 dólares (R$ 17).

Path

A “cidade subterrânea” de Toronto tem cerca de 30 quilômetros de corredores. Foi inaugurada em 1987 para facilitar a circulação de pessoas pelo centro da cidade durante o rigoroso inverno. Estabelecimentos como o shopping Eaton Centre (mais de 230 lojas) e o Hall da Fama do Hóquei (18 dólares, R$ 44) têm entradas tanto no nível da rua quanto pelo subterrâneo. Atenção: é fácil se perder; o mapa é indispensável. Encontre em bit.ly/pathmap. / MÔNICA NOBREGA

MAIS: Guia das estações de esqui da América do Sul

Mais conteúdo sobre:
CanadáToronto

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.