Renata Reps/AE
Renata Reps/AE

Boemia e diversão à moda antiga

Destilaria de uísque de 1832 deu lugar a um animado espaço, repleto de galerias, Bares e restaurantes

Renata Reps / TORONTO,

14 Junho 2011 | 06h00

Os canadenses bebem mais no verão, mas suas cervejas de inverno são mais densas. A elas, são acrescentados ingredientes como milho, caramelo, café e até algas marinhas. Tudo isso você descobre em um passeio pelo Distillery District, antiga destilaria de uísque e maior representante da arquitetura industrial vitoriana na América do Norte.

 

Construídos por James Wort e seu cunhado William Gooderham em 1832, os 44 casarões às margens do Lago Ontário foram usados para fabricar e armazenar a bebida, em suas diferentes fases de produção, até 1990. O espaço passou então a servir de cenário de filmes - mais de 1.700, entre eles Chicago e X-Men.

 

De 2001 a 2003, o Distillery District passou por uma reforma completa. Hoje, além de concentrar tours históricos, a região - onde carros não entram - tem dezenas de lojas, estúdios de arte, bares, cafés e restaurantes. Barraquinhas vendem maple syrup (o famoso xarope feito com a árvore símbolo do Canadá) em todos os formatos possíveis - folhas da planta, botinhas, laços, CN Towers... Souvenirs com os quais você não vai se arrepender de lotar a mala.

 

Na hora do almoço, frutos do mar fresquinhos são uma excelente pedida - faça uma degustação de várias espécies de ostras da costa do Canadá nas oysters houses. A curiosidade fica por conta dos drinques - vários têm animais marinhos nos ingredientes. Caso do típico Caesar. Semelhante ao Bloody Mary, leva vodca, clamato (mistura de suco de tomate e sopa de mariscos) e molho worcestershire, usado para temperar peixes. Para o toque final, um talo de salsão.

 

Os amantes de chocolate vão se deliciar com os cafés que produzem a iguaria com cacau proveniente da República Dominicana, Costa Rica e Panamá. Pela vitrine do Soma Chocolate Maker (somachocolate.com), dá para assistir ao preparo do doce e comer logo depois que ele fica pronto, no balcão ao lado.

 

Não estranhe se, durante seu passeio, se deparar com uma noiva. Uma média de sete casamentos são celebrados por ali nos fins de semana - além de festas particulares, o Distillery tem uma variedade de eventos culturais. Confira no site thedistillerydistrict.com.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.