Mônica Nóbrega/Estadão
Mônica Nóbrega/Estadão

Boston e Portugal na mesma viagem

Envie sua pergunta para viagem.estado@estadao.com

Ricardo Freire, O Estado de S. Paulo

17 Janeiro 2017 | 03h00

Queremos percorrer Portugal entre março e abril e aproveitar a viagem para ver amigos em Boston. Posso comprar o trecho entre Boston e Portugal aqui no Brasil? Estamos baseando nosso itinerário português no roteiro “Portugal pela porta dos fundos” que você publicou em 2014. Ainda está válido? (Sebastião, São Paulo)

Sempre saia do Brasil com todas as passagens aéreas compradas – até porque, na última hora, as passagens provavelmente só estarão disponíveis na tarifa cheia. Se as companhias aéreas atuam no Brasil, você vai inclusive pagar em reais, sem IOF, mesmo que use o cartão de crédito.

Por uma feliz coincidência, existe uma grande colônia portuguesa no estado de Massachusetts e, desde meados de 2016, a TAP opera um voo direto entre Boston e Lisboa, o que facilita muito o seu deslocamento. 

O jeito mais eficiente de fazer essa viagem é comprando a passagem aérea na modalidade múltiplos destinos/várias cidades, com três trechos no mesmo bilhete: São Paulo-Boston, Boston-Lisboa e Lisboa-São Paulo. Na ida haverá uma conexão entre São Paulo e Boston (provavelmente em Nova York), mas os outros dois voos serão diretos. A viagem será feita numa combinação de voos entre United e TAP ou Azul, que são parceiras. É possível conseguir uma tarifa de US$ 1.200, mais taxas, para o itinerário completo.

Neste momento, devido ao processo de ajuste de sistemas entre TAP e Azul (que agora pertencem ao mesmo grupo), esse itinerário não está disponível nos sites das companhias, nem nas agências online. Mas um agente de viagem conseguirá emitir essa passagem, porque usa uma ferramenta chamada GDS, que não está disponível para o consumidor final.

A alternativa à passagem múltiplos destinos seria comprar os trechos separadamente – uma passagem de ida e volta entre São Paulo e Lisboa, complementada por outra passagem de ida e volta entre Lisboa e Boston. Note que seriam quatro trechos transatlânticos, em vez de três. Só valeria a pena se você quisesse dar o pulinho a Boston no meio da viagem a Portugal, retomando o itinerário português na volta.

Meu roteiro de uma semana em Portugal pela porta dos fundos – saindo de Lisboa pelo Alentejo, subindo pela Serra Estrela, dali ao Douro e então ao Porto – continua valendo. Para quem quiser consultar, está em bit.ly/portugalcarro. Complemente com pelo menos três dias em Lisboa e três no Porto.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.