Botecos de BH preservam o verde

Taioba

O Estado de S.Paulo

28 Setembro 2010 | 01h33

Parente próxima da couve, é um pouco mais amarga e não precisa ser desfiada. Experimente com carne e batata no petisco Carnoba, do Bar do Antônio (Rua Flórida, 15, Sion; 31-3221-2029).

Ora-pro-nóbis

Espinhenta no pé, suas folhas são perfeitas para refogar com galinha ou costela. O Xapuri faz uma versão com picadinho. Para acompanhar, não dispense o angu (Rua Mandacaru, 260; 31-3496-6198).

Jiló

Foi o ingrediente temático do último concurso Comida di Buteco. No Estabelecimento vem dentro de bolinhos de arroz acompanhando cordeiro no petisco Paleta em ninho de pelotas (Rua Monte Alegre, 160; 31-3223-2124).

Quiabo

Desprezado em lugares que não levam a baixa gastronomia tão a sério, o quiabo é figurinha fácil nos botecos de Belo Horizonte. Chega a ser a estrela em pratos como o quiabo na manteiga com polenta frita e pancetta, do Agosto Butiquim (Rua Esmeralda, 298, Prado; 31-3337-6825).

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.