Buenos Aires, Punta e Montevidéu num cruzeiro

Como dar conta dessas três cidades nas poucas horas disponíveis numa escala de cruzeiro? Aqui vão as melhores estratégias.

Ricardo Freire, O Estado de S.Paulo

09 Dezembro 2014 | 02h05

Punta del Este. O trajeto entre o navio e o porto é feito em lanchas; você terá cerca de 6 horas em terra. Para ver todos os cartões-postais - a escultura dos dedos na praia, a ponte ondulada de La Barra, as mansões de Beverly Hills, a Casa Pueblo - o melhor é comprar uma das excursões do navio.

Para um dia mais relax, considere passear a pé pelo centrinho da Península, onde está o porto. Veja os leões-marinhos e pássaros que almoçam o refugo dos pescadores, vá caminhando até o monumento dos dedos, passe no cassino do hotel Conrad, almoce no avarandado de um dos restaurantes da orla (como o La Guappa), coma qualquer coisa com doce de leite na confeitaria Les Delices (Gaviotas quase esquina Remanso). Quando passar por um ponto de táxi (tem no hotel Conrad e também na Gorlero, esquina Calle 11), negocie a ida à Casa Pueblo - com espera, vai custar entre US$ 60 e US$ 100.

Montevidéu. O desembarque em Montevidéu é o mais conveniente de todos: o porto está atrás do Mercado del Puerto e ao lado do ponto inicial do Bus Turístico, que faz um city tour com 11 paradas (468 pesos/R$ 55). Paradas interessantes: o Mercado Agrícola (com bom artesanato) e Punta Carretas, para caminhar à beira-mar. Complete o passeio com um almoço no Mercado del Puerto.

Buenos Aires. O porto de Buenos Aires fica num cantinho ermo da região central. Os taxistas não usam taxímetro e estão mais interessados em negociar passeios de dia inteiro. Querendo passear por conta própria, o melhor é pegar um dos micro-ônibus grátis que levam ao circuito dos shoppings. Desça na primeira parada, a Galerías Pacífico, e você estará no coração da Calle Florida. Aproveite para fazer câmbio paralelo (essencial para seus dólares ou reais renderem). Caminhe até a Avenida de Mayo (Casa Rosada, Café Tortoni). Pegue um táxi para o Caminito e de lá para almoçar num dos restaurantes de Palermo Hollywood (recomendo o La Cabrera, na Cabrera 5.099). Escolha uma dessas três regiões para bater perna a bordo de um sorvete: Palermo Soho e seu comércio descolado (pegue um táxi para a Sorveteria Tufic, Guatemala com Armenia), a Recoleta e seus quarteirões elegantes (desça na sorveteria Volta, Quintana com Ayacucho) ou o Puerto Madero e seus armazéns renovados (ali tem uma Freddo).

*Envie sua pergunta para viagem.estado@estadao.com

Mais conteúdo sobre:
O Estado de S.Paulo

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.