Raphael Dias/Riotur
Raphael Dias/Riotur

C

Crianças

Adriana Moreira. Felipe Mortara e Bruna Toni, O Estado de S. Paulo

27 Janeiro 2015 | 03h00

Além dos bailes, há muitos bloquinhos voltados aos pequenos. Em Salvador, o Algodão Doce, de Carla Perez, sai sábado e domingo no Campo Grande, às 11 horas. O ingresso para os dois dias de desfile, com um abadá extra para o acompanhante, custa R$ 250 (aloingressos.com.br). Já o Happy, do qual a apresentadora Eliana se despediu em 2013, sai este ano com Tio Paulinho e a banda Babado Novo no sábado, às 9 horas, no circuito Barra-Ondina. Preço: R$ 220 na Central do Carnaval (centraldocarnaval.com.br). Em Olinda, o Eu Acho é Pouquinho, versão infantil do clássico Eu Acho é Pouco, desfila na manhã de segunda de carnaval – concentração em frente ao Colégio São Bento. Outro olindense é o Patusquinho, que sai na terça-feira da Rua do Amparo – concentração às 8 da manhã.

No Rio, o Gigantes da Lira, de Laranjeiras, desfila no pré-carnaval. O agito ocorre às 9 horas do domingo (8), na pracinha da Rua General Glicério. Já o Largo do Machadinho, mas não Largo do Suquinho, sai na segunda de carnaval do Largo do Machado, às 9 horas.

Algumas dicas básicas para a garotada aproveitar a folia: fantasias leves, muito líquido e protetor solar. Respeite o ritmo da criança e não esqueça de colocar nela um crachá com seu nome e telefone.

Mais conteúdo sobre:
carnavalcarnaval 2015

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.