Caminho de imagens cheias de poesia

Laranjeiras

O Estado de S.Paulo

19 Junho 2012 | 03h10

Passeando pelo casario colonial, uma cena do cotidiano: o comércio da feira livre. Em meio às ruas de pedra, a mulher vende pescados e enche a imagem de cor.

São Cristóvão

A calmaria da Praça São Francisco ao entardecer permitiu que o menino seguisse brincando com sua bola em meio ao Patrimônio da Unesco. Ao, fundo, se vê o a Igreja e o Convento de São Francisco, onde também está o Museu de Arte Sacra.

Praia do Refúgio

Além da conhecida Praia do Atalaia, Aracaju tem outra boa opção em sua orla: a Praia do Refúgio. Procurada por kitesurfistas nos fins de tarde, também é muito frequentada por famílias. E a infraestrutura não decepciona: há vários quiosques à beira-mar para uma providencial cervejinha.

Praia do Saco

Emoção garantida, belos visuais também, No passeio pela Praia do Saco, a 65 quilômetros de Aracaju, não faltam dunas - as mais altas chegam a 15 metros de altura - e um coqueiral, que emoldura a faixa de areia fina. Para terminar, um mergulho pela água morninha. Porque, afinal, ninguém é de ferro.

Artesanato

Personagem onipresente nas histórias do Estado, Lampião e seu bando se "esconderam" entre as barracas de artesanato do Mercado Municipal Thales Ferraz, em Aracaju.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.