Cenários de uma saga de vampiros

Na Itália e no Canadá, os sets reais do sucesso 'Crepúsculo'

O Estado de S.Paulo

24 Novembro 2009 | 02h55

Os campos de uvas sangiovese terão de se resignar ao papel de coadjuvantes nos próximos meses. Desde sexta-feira, com a estreia nos cinemas de Crepúsculo: Lua Nova, a medieval Piazza Grande tirou das vinícolas o lugar de protagonista turística da italiana Montepulciano. Localizada na província de Siena, na região da Toscana, a cidade emprestou sua praça central e seus principais monumentos às desventuras da humana Bella Swan e de seu namorado, o vampiro Edward Cullen.

Montepulciano não faz papel dela mesma no filme. Volterra será o nome ouvido pelos espectadores quando a imagem da foto acima aparecer na telona. A cidade, que na saga de Crepúsculo é o lar do clã Volturi, a realeza dos vampiros, fica perto dali, na vizinha província de Pisa. Mas não foi usada como locação por conta de desacertos entre a produção do longa e a prefeitura local.

Embora os moradores tenham feito até abaixo-assinado a favor de um set em Volterra, a falta de acordo não chegou a prejudicar a veracidade das cenas criadas pela escritora Stephenie Meyer.

De fato, as duas cidades têm praças e palácios muito semelhantes. O Palazzo dei Priori, de Volterra, é quase idêntico ao Comunale (na foto principal, ao fundo) de Montepulciano - mesmo sendo dois séculos mais antigo, erguido em 1239.

Sem a multidão vestida com capuzes vermelhos que aparece nas cenas do longa, a Piazza Grande fica ainda mais bonita. Os edifícios de estilo gótico-românico em torno dela foram construídos entre os séculos 15 e 16. Dentro do Duomo fica a obra de arte mais importante por ali: o tríptico Assunção da Virgem, pintado por Tadeo di Bartolo (1362-1422).

MANSÃO

No capítulo Lua Nova, que acaba de chegar aos cinemas, a família Cullen, a dos vampiros mais ou menos bonzinhos, troca a mansão do episódio anterior (leia mais ao lado) por outra, não menos imponente.

É neste novo endereço luxuoso que se passa o primeiro momento de tensão, quando Bella corta o dedo durante sua festa de aniversário de 18 anos na casa dos parentes do namorado Edward. O incidente, responsável pela separação do casal, foi filmado em Vancouver, no Canadá. Assim como a maioria das cenas que, na ficção, se passam no Estado de Washington, nos Estados Unidos.

A casa de três andares, cinco quartos, cozinha gourmet, duas lareiras e piscina está à venda - por US$ 3.298 milhões (R$ 5,7 milhões). Interessou? No site www.soprovich.com/home40.html há contatos de quem vende. As fotos mostram os cômodos e a penumbra do bosque ao redor da mansão. Como convém a vampiros.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.