Inprotur
Inprotur

Dicas para esquiar em Cerro Bayo, na Argentina

A cidade base de Villa la Angostura tem uma hotelaria de alto nível instalada ao longo da montanha

Mariana Goulart, O Estado de S.Paulo

10 Julho 2018 | 04h30

O novo refúgio gastronômico comandado pelo chef Gonzalo Aramburu, na base da montanha, é a principal novidade para quem vai curtir o inverno no Cerro Bayo. Seguindo a vocação de um lugar mais exclusivo, clamo e com preocupação ambiental, a estação também tem investido em certificações ligadas ao correto descarte do lixo e ao consumo consciente de água e energia. Acaba de obter a ISO 4001.

Villa la Angostura, a cidade base do Cerro Bayo, tem pouco mais de 10 mil habitantes e uma hotelaria de alto nível instalada ao longo da montanha. Recebe casais e famílias em um clima de tranquilidade. O pequeno centro é estreito e voltado para serviços e comércios. O clima é pacato, quieto, de contemplação. 

Essa atmosfera se reflete nas pistas de Cerro Bayo. Alguns grupos de jovens esquiadores e snowboarders frequentam a montanha. Os mais profissionais chegam e vão imediatamente em direção ao teleférico. Após poucos minutos de uma subida íngreme, eles saltam a 1.810 metros acima do nível do mar. É ali o ponto de partida mais alto do resort. 

Pela neve estão instaladas placas com o aviso “cuidado, zona de avalanche” - alerta que pouco parece preocupar os esportistas. Lá do alto é possível avistar o Lago Nahuel Huapi, que deixa a paisagem ainda mais deslumbrante. 

MAIS - Festivais de Inverno aquecem o Brasil; confira calendário

As pistas para aprendizes estão instaladas a 1.500 metros de altitude; assim, mesmo os inexperientes desfrutam de uma bela paisagem enquanto arriscam os primeiros passos nas aulas (3.125 pesos ou R$ 435 para 3 dias, em grupo). No total, são 31 pistas com quatro níveis de dificuldade e 15 meios de elevação. Cerro Bayo tem sua loja de aluguel de equipamentos - e a exceção ao aluguel dos óculos também se aplica aqui. Compre os seus antes.

Para quem não quer esquiar, ou já cansou do peso das botas, há a possibilidade de deslizar com boias em um tobogã de neve no Snow Tubing, ou ainda fazer caminhadas com raquetes nos pés. 

HAPPY HOUR 

Quando chega a noite, a boa pedida na cidade é experimentar as cervejas artesanais da Patagônia. O Lobo Grill & Bar serve uma boa variedade da bebida acompanhada de petiscos - embutidos, truta, batatas, cogumelos, a maioria em formato de fartas porções para compartilhar.

SAIBA MAIS

Temporada: até 23 de setembro.

Como chegar: Villa la Angostura está a 45 minutos do aeroporto de Bariloche. Na temporada, a Latam tem voo direto desde São Paulo.

Passes de esqui: o passe diário custa de 950 a 1.530 pesos (R$ 133 a R$ 220).

Aluguel de equipamentos: por dia, o equipamento completo para esqui ou snowboard pode custar de 680 a 1.090 pesos (R$ 94 a R$ 151). Não inclui as roupas impermeáveis.

Site: cerrobayo.com.ar.

Mais conteúdo sobre:
neve esqui Argentina [América do Sul]

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.