Dennis Fidalgo/Estadão
Dennis Fidalgo/Estadão

Cerro Castor, Argentina

Perfil

O Estado de S.Paulo

30 Maio 2017 | 04h00

Cerro Castor está a apenas 26 quilômetros de Ushuaia, na Patagônia Argentina. Por estar próximo a uma cidade bem estruturada, recebe bem grupos que viajam juntos, mas têm interesses distintos. Enquanto uns esquiam, outros podem curtir as atrações da região. Com astral jovem, é ótima opção para ir em grupos de amigos. Trata-se da estação mais ao sul do continente e também uma das que tem a menor altitude: está a 1.057 metros acima do nível do mar.

Novidades 

Com 32,5 quilômetros esquiáveis, Cerro Castor ampliou a ligação entre os circuitos Gaviota Austral e Las Lajas e há uma área maior com neve artificial no Snow Park (área de manobras radicais) e no espaço reservado aos iniciantes.

Principais passeios

Cerro Castor já é um passeio de Ushuaia – afinal, seus visitantes se hospedam na cidade. Além das pistas e do Snow Park, há basicamente os restaurantes, distribuídos em diferentes pontos das montanhas (são sete, além de quatro refúgios) e o Wi-Fi grátis. O Morada del Águia fica na base do complexo – não é preciso esquiar para chegar ali.

Além do esqui

Há passeios de qualidade e contemplação da natureza em Ushuaia, como o de barco pelo Canal Beagle – sim, mesmo no inverno. Você verá menos animais do que no verão (melhor época para esse tour), mas ainda assim vale a pena. O passeio de 4X4 até o Lago Fagnano dura o dia inteiro e passa por lindas paisagens. Também dá para reservar passeios de trenó puxados por cães, caminhada com raquetes ou tour em motos de neve (snowmobile). Há muitas agências no centro da cidade, como a Excursiones en Ushuaia. Os tours custam, em média, de 2 mil a 2.500 pesos (cerca de R$ 400 a R$ 500 por pessoa).

Hotéis e transporte

Não faltam opções de hospedagem em Ushuaia, mas nenhuma delas é ski in/ski out. Na própria página da estação de esqui há uma série de sugestões, tanto no centro da cidade (que é bem compacta e permite que você circule a pé até bares, restaurantes e lojinhas), como mais próximos a Cerro Castor. Na estação, a única hospedagem é o Castor Ski Lodge, que oferece 15 cabanas e tarifas a partir de US$ 292 por pessoa. Se não tiver transfer reservado previamente para ir à estação, dá para combinar com os taxistas da cidade ou mesmo reservar nas agências de turismo.

Dicas extras

Por estar bem ao sul, há mais chances de encontrar neve farta tanto no início quanto no fim da temporada. Além disso, canhões de neve artificial garantem pistas abertas a partir do dia 23 de junho até outubro. A Avenida San Martín é a rua das compras em Ushuaia: se não tiver roupa adequada para neve, lá você vai encontrar (lembrando que a cidade é zona livre de impostos, ou seja: um grande Duty Free). 

Pacotes

A Stella Barros tem pacotes de sete noites, com café e jantar e traslados de aeroporto por a partir de US$ 2.588 por pessoa em quarto duplo. O pacote de esqui, à parte, custa US$ 389 por adulto e US$ 272 por criança. Na Interpoint, sete noites de hospedagem com café, passes de esqui com traslado ao Cerro Castor e traslados de saída e chegada ao aeroporto custam a partir de US$ 1.375 por pessoa em quarto duplo.

Mais conteúdo sobre:
Argentina

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.