Charme artesanal e sustentável em hotéis e pousadas

Opções econômicas e mais rústicas, como camping e casas de moradores, existem. Mas já faz algum tempo que hospedagens profissionais se espalham pela Chapada Diamantina.

O Estado de S.Paulo

15 Maio 2012 | 03h11

Os mais de 3 mil leitos disponíveis em Lençóis se distribuem por cerca de 60 pousadas e três grandes hotéis - o Canto das Águas (lencois.com.br) é membro da associação Roteiros de Charme. Tido como o primeiro hotel sustentável do Brasil, fica elegantemente espremido entre o Rio Lençóis e uma bela mata nativa. As diárias vão de R$ 320 a R$ 1,2 mil.

Mais antiga hospedagem de alto padrão da chapada, o Hotel de Lençóis (hoteldelencois.com) preserva o ar colonial, com quartos espaçosos e piscina convidativa. Diárias desde R$ 290.

Jeito de casa. Com atmosfera caseira - e efetivamente lar de Ana Maria e Hélder Madeira - a Pousada Sincorá (sincora.com.br), em Andaraí, tem clima simples e bem informal.

Marcos Monteiro e Vânia Meirelles passaram cinco anos montando a Pousada e Spa Villa Lagoa das Cores (lagoadascores.com.br), no Vale do Capão. São 12 apartamentos repletos de charme nos detalhes. Não perca o iogurte caseiro e nem os artesanatos delicados produzidos no ateliê. Diárias a partir de R$ 250 por casal.

Na Pousada do Capão (pousadadocapao.com.br), destaque são as espreguiçadeiras com vista para o Morro Branco do Capão. Ali, chama a atenção uma parede pintada pelo músico Hermeto Pascoal com partitura de sua autoria. Desde R$ 168. / F.M.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.