Charme no melhor estilo francês

Courchevel, Chamonix, Megève e Val d'Isère formam o quarteto maravilha do Velho Continente

O Estado de S.Paulo

28 Outubro 2008 | 02h34

A França é o destino de esqui europeu favorito dos brasileiros. Com quatro estações chiquérrimas - Courchevel, Chamonix, Megève e Val d?Isère -, o país sempre foi visto como primeira opção pelos turistas que sonhavam esquiar no Velho Continente. E não apenas pela neve perfeita que proporciona descidas radicais, mas principalmente pelo glamour. "O brasileiro que gosta de esquiar está acostumado com a França", comenta o diretor da operadora Maktour, Marcus Di Tommaso. Ele explica que, há 20 anos, só a nata do País freqüentava as estações francesas, em especial Courchevel. Mas anos depois, quando o euro foi adotado, a Europa perdeu muito mercado brasileiro. "Ficou impraticável viajar para lá. Mas, hoje, as estações voltaram a olhar para o nosso público e os preços são mais acessíveis." Courchevel ainda é a mais famosa. Situada a apenas duas horas de carro dos aeroportos internacionais Genève Cointrin e Lyon Saint Exupéry - e a 30 minutos da estação de trem Moûtiers Salins -, é o destino da moda. O resort de esqui tem o maior número de hotéis de luxo e virou ponto de encontro de celebridades do mundo todo. Basta ir às casas noturnas Caves de Courchevel, La Grange e le Kalico para encontrar algum astro do cinema - ou do futebol. Com 67 quilômetros de pistas de esqui nórdico, Courchevel é ligada ao maior domínio de esqui do mundo, conhecido como Les 3 Vallées. No total, são 200 teleféricos e 330 pistas, que serão abertas para a próxima temporada em 6 de dezembro. Chamonix também é conhecida pela sofisticação. Carinhosamente chamada de Cham pelos franceses, a estação tem lojas caras e vida noturna intensa. Para o après-ski, discotecas, cinemas, bares e restaurantes. Circundada pelo Mont Blanc, cadeia de montanhas com 4.810 metros, Chamonix tem 90% de suas pistas acima de 2 mil metros de altitude, com opções para todos os níveis de esquiadores. A estação também é uma ótima alternativa para férias em família. MAIS OPÇÕES Talvez poucos conheçam a cidadezinha de Megève, na região de Rhône-Alpes, na fronteira com a Suíça e a Itália. Um pecado. A estação de esqui é uma das mais charmosas do país, com construções em estilo alpino e hotéis estrelados como o Les Fermes de Marie. É ideal para quem quer férias com neve, mas também atividades para toda a família e paisagens estonteantes, ao pé dos Alpes. Megève tem 445 quilômetros esquiáveis em 219 pistas, a maioria para esquiadores com certa experiência. Mas também há passagens para quem está apenas iniciando a prática do esporte. Já Val d´Isère é voltada para esportistas - o campeão olímpico Jean-Claude Killy aprendeu a esquiar nessa estação. São 300 quilômetros de pistas com 1.600 metros de desnível (entre 1.850 metros e 3.450 metros de altitude) e de todos os níveis de dificuldade. Os iniciantes têm uma zona exclusiva. A temporada começa em 29 de novembro. Courchevel: www.courchevel.com Chamonix: www.cham-pro.com Megève: www.megeve.com Val d'Isère: www.valdisere.com  

Mais conteúdo sobre:
Europa inverno neve

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.