Mônica Nobrega
Mônica Nobrega

Chinatown de Vancouver, a terceira maior do mundo

A vitrine da loja de chás Treasure Green expõe delicadas porcelanas, caixas e sachês. Poucos passos adiante, são as bancas do mercado Cheung Sing Herbal & Birds (536, Mains St.) que, esparramadas na calçada, oferecem bolotas, pedaços, fiapos e infinitos pacotinhos de conteúdo comestível indecifrável a olhos ocidentais. Pequenos restaurantes vendem tigelas de arroz temperado. E tanta mistura torna a Chinatown de Vancouver um passeio literalmente delicioso. 

Mônica Nobrega, Estadão

15 Setembro 2015 | 00h01

A região tem seus monumentos, como o portal e o painel-mosaico representando o zodíaco e, no verão, festivais de comida, moda e cultura na rua. Mais: vancouver-chinatown.com

Leia mais: Como encontrar passagens baratas

Mais conteúdo sobre:
VancouverCanadáViagem

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.