Cinco dicas gastronômicas para fugir do bife de chorizo

Não dá para reclamar de mesmice com a variedade que impera na capital argentina

Ariel Palacios, O Estado de S.Paulo

13 Janeiro 2009 | 03h12

Ficar apenas no bife de chorizo ou nas batatinhas almofadadas que fazem a fama do Palacio de la Papa Frita é só para quem quiser muito. Afinal, ninguém pode reclamar de mesmice na cena gastronômica da capital argentina. Confira alguns endereços para visitar em sua próxima estada em Buenos Aires.     Veja também: Especial para habitués: segredos de uma Buenos Aires desconhecida O amado e odiado circuito Rodin Raridades e itens curiosos à venda Tango com alma nas tradicionais milongas Oro y Cándido Inaugurado há cinco meses, o restaurante tem orgulho de seu carpaccio de lhama com rúcula, emulsão de maracujá e queijo gruyère. Depois da entrada, peça o também saboroso medalhão de nhandu, espécie de avestruz dos pampas, com molho de abacate, échalotes e lima com batatas. Fica na Rua Guatemala, 5.099, em Palermo. Site: www.oroycandido.com.ar. Mama Europa Templo da cozinha judaica, o Mama Europa serve penicilina iídiche com knéidalaj, que o chef define como um "caldo dourado de frangos de granja com knéidalaj caseiro". "É melhor que Prozac", garante. Também estão no cardápio os varénikes de batatas com gríbalaj de pato e o yarkoie russo com batatas fervidas, um guisado de carne bovina que faz os clientes limparem o prato. Fica na Rua Matienzo, 1.599, Las Cañitas. Site: www.mamaeuropa.com.ar. Les Anciens Combattants No decadente bairro de Constitución fica o pequeno e orgulhoso restaurante do clube de veteranos das guerras francesas. No salão principal, acumulam-se quadros de generais, medalhas, insígnias e até uma bandeira dos exércitos de Napoleão. Peça o civet de lebre em chá de roobiots. A carne é assada na panela com o sangue do animal, vinho tinto e folhas de chá. Fica na Santiago del Estero, 1.435. Tel.: (00--54-11) 4305-1701. Chan Chan Próximo ao Congresso Nacional, esse restaurante peruano é o lugar certo para degustar o anticucho, o coração de vaca na grelha, macerado ao longo de 24 horas num molho de pimentão, vinagre, azeite, pimenta e sal. O molho de pimentão peruano, o ají mirasol, acompanha a iguaria. Fica na Rua Hipólito Irigoyen, 1.390, Monserrat. Informações: (00--54--11) 4382-8492. Florencio Comandada pela chef María Laura, a casa tem apenas quatro mesas no salão e uma na calçada. O menu muda a cada noite e também é mini: três opções de entrada, três pratos principais e três sobremesas. Faça reserva. Fica na Rua Francisco de Vittoria, 2.363, em La Isla. Tel.: (00--54-11) 4807-6477.

Mais conteúdo sobre:
Argentina gastronomia

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.