Com vocês, a seleção titular

Montamos um time apenas com os craques da África do Sul - estamos falando de turismo, claro

O Estado de S.Paulo

15 Dezembro 2009 | 02h13

.

1 | TABLE MOUNTAIN

Um imenso paredão ligando céu

e oceano. A Table Mountain parece pintura. O bondinho leva você até o platô. Mais: http://www.tablemountain.net/.

VEJA TAMBÉM:
Roteiro canarinho
Jo\'burg, a São Paulo deles
Praia no resort e aventura na savana
\'Inglesa do interior\' vai virar megalópole
Nelspruit é a portaria do safári
Tribos e cavernas na cidade dos baobás
Mar e sol? Vá para Durban
Bloemfontein, pit stop seguro

História e lazer em Port Elizabeth

Cidade do Cabo e da esperança

Deliciosa rota dos vinhos
Kruger, um exagero
Aproveite para dar uma esticadinha
2 | TRIBO NDEBELE

Vale ver de perto a arte dos ndebeles. Mais: http://www.ndebelevillage.co.za/.

3 | SABI SAND

A reserva particular é um exemplo de preservação e, na companhia do vizinho Kruger Park, tem um dos safáris mais emocionantes do país, feito em jipes abertos. Nessa área de 65 mil hectares, você terá boas chances de ver os cobiçados "big five" - leão, leopardo, elefante, búfalo e rinoceronte. Mais: http://www.sabisand.co.za/.

4 | PRAIAS DE DURBAN

A cidade é destino certo para quem quer curtir praia. Suas ondas perfeitas atraem campeonatos internacionais de surfe e a temperatura por lá é agradável até no inverno.

5 | KRUGER PARK

Considerado um dos maiores parques do planeta, o Kruger é um exagero em todos os sentidos. São 20 mil quilômetros quadrados de área, com 147 espécies de mamíferos, 507 de pássaros e 114 de répteis. Mais: http://www.krugerpark.co.za/.

6 | VINHOS

Os vinhedos sul-africanos são uma viagem à parte. O circuito percorre fazendas com arquitetura holandesa, georgiana e francesa. Tudo regado a sessões de degustação. Há três cidades obrigatórias para os adoradores de vinho: Stellenbosch, Paarl e Franschhoek.

Mais: http://www.wine.co.za/.

7 | ROBBEN ISLAND

Ser Patrimônio da Humanidade e estar bem pertinho da Cidade do Cabo já fariam a visita valer a pena. Mas Robben Island é pura história. Ali ficou preso o Nobel da Paz Nelson Mandela, líder contra o apartheid. Catamarãs levam cerca de meia hora para chegar até o local, transformado em museu. Mais: http://www.robben-island.org.za/.

8 | SOWETO

A Casa Mandela é parada obrigatória em Soweto, periferia de Johannesburgo e bairro símbolo do levante contra o apartheid. Nelson Mandela, que viveu na casa por 50 anos, doou o imóvel para ser o centro de conservação da história negra. Mais: http://www.mandelahouse.com/.

9 | ROVOS RAIL

Cama queen size na cabine, traje de gala para o jantar e uma paisagem de tirar o fôlego pela janela. O trem da Rovos Rail resgata o glamour de outras épocas e, não à toa, é chamado de orgulho da África. O percurso de Durban a Pretoria dura 3 dias e custa 12 mil rands (R$ 2.800). Mais: página 7 e http://www.rovos.co.za/.

10 | SUN CITY

O autoproclamado seis-estrelas acaba de completar 30 anos. Não há mais vagas para a Copa, mas uma visita faz bem. Só cuidado para não ferir de morte seu cartão de crédito no cassino. Mais: http://www.sun-city-south-africa.com/.

11 | ROTA JARDIM

A leste da Cidade do Cabo, o trecho litorâneo de 210 km tem uma das floras mais variadas do mundo. Trilhas entre montanhas, florestas e praias douradas podem durar de uma hora a cinco dias. Inclua o Parque Tsitsikamma e a cidade de Knysna no roteira. Mais: http://www.sanparks.org/.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.