João Fellet/Estadão
João Fellet/Estadão

Comer e beber: da comida de rua à alta gastronomia sul-africana

Feira aos fins de semana e rede de restaurantes garantem frescor à cozinha local

O Estado de S.Paulo

25 Julho 2017 | 04h27

The Old Biscuit Mill

Em áreas mais distantes dos cartões-postais tradicionais, a Cidade do Cabo tem uma interessante cena enogastronômica com vibe jovem e descolada. Um dos programas mais interessantes é o The Old Biscuit Mill, feira de rua que ocorre aos sábados em Woodstock, um emergente bairro industrial da cidade. Além de encontrar moda, arte, artesanato e restaurantes, também é possível comer e beber bem e barato nas barracas do Neighbourgoods Market, que acontece dentro da feira. Dica importante: chegue cedo, pois às 14 horas o pessoal já começa a recolher tudo. 

 

The Pot Luck Club

Outro destaque é a The Test Kitchen, rede de restaurantes sul-africanos que revolucionou a gastronomia do país. Comandada pelo premiado chef inglês Luke Dale Roberts, ela abarca quatro restaurantes que figuram entre os melhores de lá. Visitamos dois deles. O The Pot Luck Club é considerado o mais descolado da Cidade do Cabo, muito por causa de seu ambiente descontraído e dos ótimos drinks. Uma boa ideia é compartilhar os pratos com os amigos. Fica em Woodstock, no mesmo local da feira The Old Biscuit Mill.

The Short Market Club

Também da rede The Test Kitchen, o The Short Market Club fica em um edifício antigo e com decoração moderna e acolhedora. O restaurante serve um menu fixo sazonal, que custa entre 280 e 360 rands (R$ 68 a R$ 87) – o preço depende de sua escolha na carta de vinhos. 

Para os mais animados, apenas uma porta separa o restaurante do Outrage of Modesty, bar com pegada underground, onde tomamos os melhores coquetéis de toda a viagem.

Mais conteúdo sobre:
Cidade do Cabo

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.