Anelise Zanoni/Travelterapia
Anelise Zanoni/Travelterapia
PUBLICIDADE

Como é se hospedar no segundo melhor hotel do mundo, em Gramado

Hotel Colline de France, no Rio Grande do Sul, foi eleito pelo site Trip Advisor como um dos melhores do mundo; o 'Viagem' se hospedou no local e conta como é

Anelise Zanoni, Especial para o Estadão

12 de maio de 2022 | 19h52

Feche os olhos e respire lentamente. Imagine uma leve canção saída de um piano de cauda, um aroma adocicado no ar e um ambiente com decoração romântica. Nessa viagem, você está dentro de um castelo, com funcionários atentos e espumante geladinho o tempo todo.  A cena que nos remete para longe, talvez até à Europa, é a rotina diária do Hotel Colline de France, em Gramado (RS). Eleito pelo TripAdvisor como o segundo melhor hotel do mundo, em um ranking feito por turistas e divulgado esta semana, a hospedagem é uma experiência de luxo com atenção total ao hóspede. 

O hotel recebeu 2.400 avaliações no TripAdvisor - nenhuma delas abaixo de quatro estrelas. Para dar conta do atendimento das 34 suítes desse hotel inaugurado em 2018, 48 funcionários atentos fazem parte da equipe. Os hóspedes sempre são recebidos com algum mimo: uma taça de espumante, uma xícara de chá ou de chocolate quente estão na preferência de quem chega. 

Após as boas-vindas, a surpresa está no quarto. Uma pequena torre de docinhos costuma se destacar na mesa de apoio das habitações inspiradas em grandes marcas francesas. Todas têm decorações únicas e diferenciadas, para que os hóspedes tenham diferentes experiências e se torne fiel ao hotel. 

"O atendimento ao cliente é o nosso grande tesouro. Os cuidados estão em todos os detalhes, desde a chegada até a partida. Sabemos o nome do nosso hóspede e temos a sensibilidade de interpretar a forma com que o cliente está se sentindo", explica Ana Clara Grings Tomazi, empresária e proprietária do Colline de France.

Para atender a diferentes clientes, há cinco configurações de hospedagem, que variam de R$ 1 mil a R$ 4 mil. O que as diferenciam, além da decoração, é o tamanho e a quantidade de mimos oferecidos.Apesar de as suítes apresentarem particularidades, todas têm banheiro com acabamentos em mármore, piso aquecido, espelhos retráteis com lente de aumento, produtos L’Occitane, cafeteira Nespresso e roupa de cama com algodão egípcio 300 fios, porque, de acordo com Ana Clara, "o cuidado mora nos detalhes". 

Café da manhã

Com tanta atenção, o difícil é querer sair para passear em Gramado, especialmente se você estiver hospedado em uma suíte Imperial, a maior delas. Nesta categoria não há chance de ter desentendimentos de casal: além de uma grande banheira no quarto, há dois chuveiros e duas (belas) pias no banheiro. E, se depois da experiência você quiser ver o mundo do lado de fora do quarto, comece pelo café da manhã. 

Montada à mesa, a refeição é um grande evento. Os dois salões que recebem os hóspedes são adornados por uma dezena de lustres de cristal. Estofados em capitoné rosa bebê, flores e louças escolhidas com esmero compõem a decoração que contrasta com as receitas da primeira refeição do dia. No cardápio surgem pratos como quiche de presunto parma, sanduíches, rocambole de chocolate e tortinhas. E o melhor: tudo pode ser acompanhado por espumantes e mimosas. 

E, em quase todas as tardes, há apresentações de piano no lounge do hotel, em um momento chamado de Bonsoir. Por ali, lustres de cristal combinam com estofados grandes e de cores claras. Do lado direito da recepção fica o piano de cauda branco, que contrasta com uma cortina de pequenas e milhares bolinhas de cristal. A música ambiente (geralmente francesa) e a aromatização dos espaços (feita pela empresa gaúcha Santho Aroma) completam a experiência sensorial.

"O hotel trabalha dia a dia em diferenciais de atendimento e com melhorias estruturais. Recentemente inauguramos um jardim francês com bugainvilles centenárias, fonte, gazebos franceses e firepit para apreciação de espumante e vinhos", explica Ana Clara. 

Para complementar o título de segundo melhor hotel do mundo - ano passado o Colline figurou o primeiro lugar -, uma piscina temática e saunas estão sendo construídas e prometem ampliar a experiência de hospedagem. Será mais um motivo para o hóspede querer ficar para sempre imerso neste castelo francês da serra gaúcha. 

O Colline de France

Localizado em um rua estreita, a 2 km do centro de Gramado, o Colline de France tem fachada que lembra um castelo francês. Sua construção é justamente inspirada no Castelo de Versailles, na França, e nasceu de um sonho dos empresários Ana Clara Grings Tomazi e Jonas Tomazi. 

Rua Vigilante, 400, em Gramado. Diárias de R$ 1000 a R$ 4000. Reservas aqui

Confira o ranking dos melhores hotéis do mundo, segundo avaliação do Trip Advisor

  1. Tulemar Bungalows & Villas, no Parque Nacional Manuel Antonio (Costa Rica)
  2. Hotel Colline de France, em Gramado (Brasil)
  3. Ikos Aria, em Kefalos (Grécia)
  4. Romance Istanbul Hotel, em Istambul (Turquia)
  5. THE OMNIA, em Zermatt (Suíça)
  6. Kayakapi Premium Caves - Cappadocia, em Ürgüp (Turquia)
  7. Six Senses Laamu, na ilha de Olhuveli (Maldivas)
  8. Hamanasi Adventure and Dive Resort, em Hopkins (Belize)
  9. Padma Resort Ubud, em Payangan (Indonésia)
  10. BLESS Hotel Madrid, em Madri (Espanha)

Encontrou algum erro? Entre em contato

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.