Como escolher a melhor hospedagem?

Tão importante quanto a hospedagem em si – seja hotel, hostel, imóvel alugado – é sua localização. E para encontrar as melhores localizações do seu destino, Gabriel Britto tem uma dica certeira: veja os mapas dos guias de viagem, que colocam neles os ícones de atrações e restaurantes. As concentrações de ícones nos mapas são as áreas mais turísticas e, portando, as mais práticas para se hospedar. Foi assim que ele descobriu, em sua primeira viagem ao Irã, que o norte de Teerã é mais cosmopolita e tem hotéis luxuosos, enquanto o centro da capital concentra história e hospedagens mais em conta. 

Mônica Nóbrega, O Estado de S. Paulo

12 Agosto 2015 | 13h14

A regra não vale tanto em regiões de perfil rural. A Toscana é um exemplo: você até pode ficar em Florença ou Siena, mas escolher um hotel no campo e alugar carro para passear pelas cidades, povoados históricos e vinícolas também é um jeito interessante de estar lá. Nesse caso, leia muitas resenhas de hóspedes deixadas nos sites de reservas. Outra forma de assegurar a qualidade dos hotéis é pesquisar nos sites de agências de viagens quais estabelecimentos são vendidos. “Agências têm um padrão mínimo, o que é uma garantia”, afirma Gabriel.

LEIA MAIS: 23 hotéis pelo mundo com diárias de até US$ 100

Mais conteúdo sobre:
hospedagem roteiro de viagem

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.