Divulgação
Divulgação

Comprar de 3 a 5 meses antes garante menor preço

Também é possível economizar na viagem em travessias e com programas de fidelidade

NATÁLIA ZONTA, ESPECIAL PARA O ESTADO, O Estado de S.Paulo

03 Setembro 2013 | 02h21

A estratégia para garantir o menor preço é comprar a viagem com antecedência de três a cinco meses. "Sempre é mais vantajoso fechar negócio entre 100 e 150 dias antes do embarque", explica Bernardo Porfirio, autor de guias de cruzeiros e consultor na área. É nesse período que as companhias costumam fazer promoções, como a oferta que dá descontos ao segundo ou ao terceiro passageiro.

Após sete anos trabalhando em navios, Porfirio garante que quem está a bordo pode fazer bons negócios. "Muitas empresas têm um profissional a bordo que já faz a pré-reserva para o próximo cruzeiro. Na maioria das vezes, há bônus em dinheiro para os clientes que se antecipam", afirma o especialista.

Outra opção é aproveitar os preços promocionais das travessias, viagem de cerca de duas semanas que os transatlânticos fazem entre a América do Sul e a Europa. "Neste caso, o melhor é esperar 60 dias antes do embarque para encontrar os melhores preços", ensina Porfirio. "Também é importante checar se a empresa tem alguma parceria com companhias aéreas. Isso porque o turista precisará voltar ao Brasil de avião e, muitas vezes, o valor de apenas um trecho aéreo custa o mesmo que a ida e a volta."

Os que planejam um segundo cruzeiro têm vantagens se escolherem a mesma empresa da primeira viagem. "A maioria das companhias já oferece vantagens a partir do segundo pacote. Com o tempo, os programas de fidelidade costumam dar bônus a bordo, como desconto na lavanderia, internet grátis ou créditos para serem gastos nas lojas e restaurantes do navio."

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.