Camila Anauate/AE
Camila Anauate/AE

Conforto substitui mochilas no Atacama

Hotéis de luxo dão novo fôlego ao turismo no deserto chileno

Pedro Venceslau, O Estado de S.Paulo

16 Fevereiro 2010 | 02h04

A pequena San Pedro de Atacama, cravada no meio do deserto chileno, foi durante muito tempo um concorrido ponto de encontro de mochileiros, hippies e motoqueiros loucos pelas estradas da América Latina. O perfil alternativo (e barato) do lugar começou a mudar em 1998, quando o povoado - um oásis localizado a 2.400 metros de altitude e com pouco mais de 3 mil habitantes - foi descoberto por turistas endinheirados da Europa. Naquele ano, com a inauguração do Explora, o primeiro resort de luxo da região, o Atacama entrou no radar das operadoras de viagens.

Os nativos perceberam então que era hora de substituir os campings por pousadas mais confortáveis e a rua central foi invadida por restaurantes sofisticados. E o Explora, depois de reinar por mais de uma década como única opção de luxo por ali, ganhou nos últimos anos um leque de concorrentes.

Tierra Atacama e Kunza, inaugurados em 2008, são os lançamentos mais recentes. Alto Atacama e Awassi hoje também disputam hóspede a hóspede a preferência dos viajantes que desejam aliar passeios na natureza a serviços exclusivos, muito conforto e mordomia.

Em comum, todos trabalham com o sistema all inclusive de hospedagem - leia-se três refeições por dia, bebidas à vontade (e de boa qualidade) e passeios. Têm, ainda, a comodidade de um spa em suas dependências, pago à parte. E preços à altura de tantos mimos: os pacotes de três noites variam entre US$ 1.064 (R$ 1.965) e US$ 1.920 (R$ 3.546) por pessoa.

ESTILOS DIFERENTES

As semelhanças terminam aí. Cada hotel tem personalidade distinta. O Kunza, com 60 quartos, é o maior da região e o único entre os cinco-estrelas com televisão (de plasma) e frigobar nos quartos. De tão grande, os hóspedes se deslocam em carrinhos de golfe.

O spa mais sofisticado de San Pedro fica no Tierra Atacama. Os tratamentos são feitos com produtos L"Occitane e há banhos de vapor, jacuzzi e piscina aquecida coberta com hidromassagem, jatos e cascatas. Nos quartos, varanda privativa e a vista do Vulcão Licancabur compensam a ausência da TV.

O ponto negativo desses dois hotéis é a localização: ambos ficam a 2,5 quilômetros de distância da vila. Pode parecer pouco, mas não é aconselhável fazer o trajeto a pé durante a noite, quando San Pedro vira "San Perro de Atacama", pela quantidade de cães pelas estradas.

O mais intimista da região, o hotel-butique Awassi tem apenas oito quartos, todos com jipe e motorista para passeios a qualquer momento. Além da opção de traslado de Santiago a Calama, cidade a uma hora de carro de San Pedro, em avião fretado. Preço da mordomia: US$ 800 (R$ 1.477). O cardápio mais interessante de bebidas incluídas está também no Awassi, com uísque 12 anos, bons vinhos e até uma curiosa vodca grega. O hotel só deixa a desejar no quesito spa. As opções se limitam a massagem e uma piscina ao ar livre.

A localização, espremida entre montanhas e um lago, garante um visual impecável ao Alto Atacama. A arquitetura integrada à paisagem privilegia a simplicidade e o uso de materiais naturais como palha e madeira. A decoração usa peças de artesãos da região.

O bom e velho Explora ainda é, porém, o mais vendido pelas operadoras brasileiras. Localizado em Larache, preservou a arquitetura original da antiquíssima comunidade atacamenha, com caminhos e construções que circundam o hotel formando um interessante labirinto. E tem, ainda, um miniplanetário.

Os operadores chilenos estão empolgados com a nova fase de San Pedro. "É um destino novo, potente. O Explora colocou o povoado na mira do turismo, mas era insuficiente. Agora, vale a pena promover o destino", diz Jorge Guazzini, da Cocha, uma das maiores operadores do Chile.

ONDE FICAR*

ALTO ATACAMA

US$ 1.064, com passeios.

Mais: www.altoatacama.com

KUNZA

US$ 1.200, com passeios.

Informações: www.hotelkunza.cl

TIERRA ATACAMA

US$ 1.290, com passeios. Informações: www.tierraatacama.com

AWASI

US$ 1.780, com passeios.

Mais informações: www.awasi.cl

EXPLORA

US$ 1.920, com passeios e equipamentos. Informações: www.explora.com/es/explora-atacama

* Tarifas válidas por pessoa, para pacote de três noites em quarto duplo. Valor inclui três refeições, bebidas à vontade e traslados a partir do aeroporto de Calama

Mais conteúdo sobre:
América do Sul

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.