Confronto decisivo entre as colunas romanas do Coliseu

Confronto decisivo entre as colunas romanas do Coliseu

Um Chuck Norris ainda jovem (tanto que nenhum fio da indefectível barba ruiva havia lhe apontado no rosto) tira e joga num canto a túnica do quimono branco. Do outro lado, é o físico esguio de Bruce Lee que emerge da roupa escura. O faixa preta de caratê e a lenda do kung fu alongam músculos e se preparam para o enfrentamento na cena decisiva de O Voo do Dragão (1972), entre colunas e paredes romanas erguidas no século 1º a.C.. Trata-se de nada menos que o Coliseu, em Roma, no papel de arena do confronto.

O Estado de S.Paulo

13 Abril 2010 | 02h14

Os arcos e arquibancadas do monumento desfilam ao fundo em alguns momentos. Figurantes de luxo para os movimentos precisos da luta - considerada uma das melhores já filmadas - que se desenrola em um corredor do antigo cenário das disputas de gladiadores. Difícil é prestar atenção na arquitetura quando se tem o cabelo tigelinha de Norris em primeiro plano. Ou o cômico momento em que, em desvantagem, Lee agarra os pelos do peito do adversário. E assopra o chumaço que sobra em suas mãos. Em tempo: o ingresso para visitar o Coliseu, um dos monumentos mais concorridos da capital italiana, custa 15,50 (R$ 37). Informações: www.rome.info/colosseum.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.